Caracterização física e química de cúbio (Solanum sessiliflorum Dunal) durante o seu desenvolvimento

Leandro Torres de Souza, João Batista Zonta, João Henrique Zonta, Heder Braun, Sebastião Martins Filho

Resumo


Vários critérios têm sido utilizados na determinação da maturidade de frutos, baseados na aparência e na composição química do produto na época da colheita. Objetivou-se neste trabalho avaliar as mudanças físicas e químicas ocorridas durante o ciclo de desenvolvimento do cúbio para determinação dos índices e do estádio de maturação mais adequado para a sua colheita e armazenamento. O experimento foi realizado no CCA-UFES, alegre – ES, em um ensaio no delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições de 5 plantas úteis, sendo os tratamentos constituídos pelas diferentes épocas de colheita. Os frutos, em diferentes estádios de maturação, foram obtidos dos 20 aos 110 dias após a antese, sendo as colheitas realizadas a cada 10 dias. Foram avaliadas as seguintes variáveis: diâmetro e comprimento dos frutos; peso fresco e seco dos frutos; peso e percentagem de polpa; coloração dos frutos e sólidos solúveis totais. Para todas as características avaliadas, foi ajustada uma função polinomial quadrática com coeficiente de determinação (R2) maior que 0,77. O ciclo de desenvolvimento da antese até o amadurecimento do fruto foi de 90 dias, apresentando aumento no comprimento e diâmetro e nos pesos fresco e seco. O fruto, quando atingiu o amadurecimento, ainda apresentava como características colocação laranja intenso e 3,9 ºBrix. A época ideal de colheita dos frutos é em torno de 90 dias após a antese, pois nesse estádio os frutos apresentavam características desejáveis para o consumo.


Palavras-chave


maturity of fruit, harvest, physical characteristics.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.