Fungos micorrízicos arbusculares nativos e doses de fósforo no desenvolvimento do amendoim RUNNER IAC 886

Franz Walter Rieger Hippler, Milene Moreira, Naissa Maria Silvestre Dias, Emilio Rodolfo Hermann

Resumo


Objetivou-se avaliar a interação entre fungos micorrízicos arbusculares nativos (FMA) com plantas de amendoim (Arachis hypogea) cultivar RUNNER IAC 886, em diferentes doses de fósforo (P). O experimento foi conduzido em casa de vegetação em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial (2 x 5), sendo com e sem a inoculação dos endófitos e cinco doses de P (0; 20; 40; 60 e 180 mg kg-1 na forma de KH2PO4), com quatro repetições. Avaliaram-se massa seca de: raiz, parte aérea, total, taxa de colonização radicular (CR), dependência micorrízica (DM) e eficiência micorrízica (EM). Concluiu-se que as doses crescentes de adubação fosfatada promoveram aumento no desenvolvimento das plantas de amendoim. Os FMA promoveram a produção máxima de massa seca total do amendoim na dose estimada de 114,0 mg kg-1 de P. A maior colonização radicular e eficiência micorrízica foram verificadas na dose 60 mg kg-1 de P.

Palavras-chave


Amendoim; Adubação; Fertilizantes fosfatados; Fungos micorrízicos arbusculares

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.