Frações lábeis da matéria orgânica em sistema de cultivo com palha de braquiária e sorgo

Celeste Queiroz Rossi, Marcos Gervasio Pereira, Simone Guimarães Giácomo, Marconi Betta, José Carlos Polidoro

Resumo


O papel fundamental da matéria orgânica nas características físicas, químicas e biológicas do solo, justifica o crescente interesse pela identificação de sistemas de uso e de manejo que contribuam para o aumento do estoque de carbono em solos tropicais. O objetivo desse trabalho foi avaliar o estoque de carbono (EstC) na fração particulada >53 µm da matéria orgânica do solo e na fração associada aos minerais menor 53 µm. Amostras de um Latossolo Vermelho Distrófico foram coletadas em cinco profundidades no município de Montividiu - GO, nos seguintes sistemas agrícolas: a) cultivo de braquiária (Brachiaria ruziziensi) na entressafra de soja (Glycine max) (SB), b) cultivo de sorgo (Sorghum bicolor L. Moench) na entressafra da soja (SS) e como área de referência, Cerrado. Foram analisados os teores de carbono orgânico total (COT) e o fracionamento granulométrico da matéria orgânica do solo. A partir dos valores encontrados foram quantificados os estoques de carbono em cada uma das frações. Foram verificadas diferenças significativas para os teores de COT em todas as profundidades avaliadas. Os maiores valores de EstC foram encontrados em SB, em todas as profundidades de amostragem. A fração particulada da matéria orgânica (MOP) mostrou-se um parâmetro eficaz em demonstrar diferenças de manejo entre os sistemas, apresentando maiores teores no sistema SB devido ao maior aporte de biomassa nesse sistema, já para a fração ligada aos minerais os maiores teores foram verificados na área de referência, seguida pelo sistema SS.


Palavras-chave


Capim braquiária; Sorgo; Palha-utilização na agricultura

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.