Susceptibilidade de cultivares de Gossypium hirsutum L. r. latifolium Hutch a Aphis gossypii Glover

Roselayne Ferro Furtado, Fanuel Pereira da Silva, Maria Tarcísia Ferreira de Carvalho Lavôr, Ervino Bleicher

Resumo


O Aphis gossypii Glover 1877, pulgão do algodoeiro, pode provocar perdas significativas na produtividade de cultivares susceptíveis de algodoeiro. Contudo, o desenvolvimento de colônias deste inseto pode ser reduzido ou interrompido em algodoeiros resistentes. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o comportamento de pulgões em cultivares de Gossypium hirsutum L. r. latifolium Hutch em condições de casa-de-vegetação. Plantas das cultivares: BRS Antares, CNPA 8H, BRS Sucupira, BRS ITA 96, BRS 201, BRS Facual, BRS Ipê, CNPA ITA 90, CNPA Precoce 3 e DeltaOpal foram infestadas com cinco pulgões adultos após quinze dias de germinação. A contagem do número de adultos/planta foi feita após 24 horas de infestação e do número de ninfas e de adultos/planta após seis dias de infestação. Não houve diferença significativa entre as cultivares, as quais apresentaram 4,1 adultos após 24 horas de infestação e 7,8 e 62,9 ninfas e adultos após seis dias de infestação, respectivamente.

Palavras-chave


Pulgão do algodoeiro. Algodoeiro herbáceo. Resistência de planta.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.