Purificação e atividade anticoagulante de glicosaminoglicanos isolados da pele da carpa comum, Cyprinus carpio

José Ariévilo Gurgel Rodrigues, Edfranck de Sousa Oliveira Vanderlei, Ismael Nilo Lino de Queiroz, Ana Luíza Gomes Quinderé, Norma Maria Barros Benevides

Resumo


Investigações bioquímicas são ferramentas importantes para a descoberta de novos agentes anticoagulantes presentes em uma grande variedade de organismos aquáticos e para uso em substituição à tradicional da heparina (HEP) na clínica médica. Objetivou-se purificar e avaliar a atividade anticoagulante dos glicosaminoglicanos (GAGs) isolados da pele da carpa comum Cyprinus carpio. Os GAGs foram extraídos com o uso de papaína bruta em tampão acetato de sódio 0,1 M (pH 5,0) contendo cisteína 5 mM e EDTA 5 mM, seguido por cromatografia de troca iônica em coluna de DEAE-celulose, na qual foram eluídas cinco frações (FI; FII; FIII; FIV e FV), utilizando um gradiente de NaCl. As frações foram concentradas por liofilização e submetidas à eletroforese em gel de agarose 0,5%. A atividade anticoagulante foi avaliada através do tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA), usando plasma humano normal e expressa em unidades internacionais por mg de polissacarídeo, utilizando HEP padrão (193 UI mg-1). A metodologia foi eficiente na extração e fracionamento dos GAGs, revelando, por eletroforese, a identificação preliminar de moléculas de dermatam sulfato e a preponderância de heparam sulfato. A atividade anticoagulante expressou-se dose-dependente, no entanto resultando em, no máximo, 4,89 UI mg-1 em relação à HEP. Portanto, o emprego da digestão proteolítica no isolamento de GAGs presentes na pele de C. carpio sugere posteriores estudos quanto à caracterização do heparinóide, com a utilização de enzimas de degradação específicas. Estudos da técnica com outras espécies cultivadas também seriam indicados.

Palavras-chave


Glicosaminoglicanos sulfatados. Cyprinus carpio. Coagulação sanguínea. Teste do TTPA.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.