Desempenho agronômico e qualidade de sementes de cultivares de feijão-caupi na região do cerrado

Itamar Rosa Teixeira, Gisele Carneiro da Silva, João Paulo Ribeiro de Oliveira, Alessandro Guerra da Silva, Adilson Pelá

Resumo


As produções de feijão-caupi, atualmente, no Brasil, são baixas em função, especialmente, do uso de materiais de baixa capacidade produtiva, associado à utilização de sementes de baixa qualidade. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar as características agronômicas e qualidade fisiológica de sementes de diferentes cultivares de caupi nas condições edafoclimáticas do cerrado goiano. Empregou-se o delineamento de blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por oito cultivares de caupi (BRS Guariba, BRS 17 Gurguéia, BRS Rouxinol, BRS Marataoã, Patativa, BRS Tracuateua, BRS Milênio e CE 315), recomendados para as regiões Norte e Nordeste do Brasil. O efeito dos tratamentos foram significativos para todos os caracteres avaliados. As cultivares BRS Guariba, BRS 17 Gurguéia e BRS Marataoã apresentaram menores problemas com oídio. Os genótipos de caupi mais produtivos foram BRS Guariba e BRS Gurguéia, com 2.211 e 2.196 kg ha-1 de grãos, respectivamente. A qualidade fisiológica de sementes de caupi foi influenciada pelas cultivares testadas. As cultivares de tegumento colorido caupi CE 315, BRS Gurguéia, BRS Rouxinol, BRS Marataoã e Patativa produziram sementes de melhor qualidade fisiológica, comparativamente, com as cultivares de tegumento branco BRS Tracuateua, BRS Milênio e BRS Guariba.


Palavras-chave


Vigna unguiculata L. Walp; Interação genótipos com ambiente; Germinação; Cultivos agrícolas-rendimento; Semente-qualidade

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.