Descritores quantitativos na estimativa da divergência genética entre genótipos de mamoneira utilizando análises multivariadas

Francisco Valdevino Bezerra Neto, Nilton Rocha Leal, Leandro Simões Azeredo Gonçalves, Luiz de Morais Rêgo Filho, Antônio Teixeira do Amaral Júnior

Resumo


O conhecimento da diversidade é de fundamental importância para o melhoramento de plantas, pois além de identificar combinações que possam expressar elevada heterose, aumenta a perspectiva de seleção de segregantes superiores, com a potencialização da variabilidade no cruzamento entre genótipos divergentes. Diversos métodos multivariados podem ser aplicados no estudo da diversidade e a escolha baseia-se na precisão desejada pelo pesquisador, na facilidade da análise e na forma como os dados foram obtidos. A presente pesquisa teve como objetivos avaliar a diversidade de onze genótipos de mamoneira (Ricinus communis L.) nas regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro e investigar o potencial do uso dos genótipos avaliados em futuros programas de melhoramento. Foram avaliados seis descritores quantitativos (altura de planta, comprimento total dos racemos, comprimento da região com frutificação do racemo, comprimento da região sem frutificação no racemo, número de frutos por racemo e produção total), utilizando-se delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. Houve diferenças significativas entre os tratamentos para todas as características avaliadas. As análises multivariadas (UPGMA, Tocher e Variáveis Canônicas) foram similares formando três grupos. Os genótipos Nordestina, IAC 80, Al Guarany, Paraguaçu, Mirante e IAC 226 revelaram-se promissores para as regiões avaliadas. Em programas de intercruzamentos, recomendam-se as combinações Al Guarany x Nordestina, Al Guarany x IAC 80 e Nordestina x IAC 80.


Palavras-chave


Ricinus communis L.; Análise multivariada; Genética vegetal; Plantas-melhoramento genético

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.