Seed distribution by punch seeder in family farming

Rafaela Paula Melo, Daniel Albiero, Aline Castro Praciano, Leonardo de Almeida Monteiro, Angel Pontin Garcia

Resumo


Family farming seeks to use less-aggressive agricultural practices, however, there is little machinery available that is suitable for the reality of this sector. This has led to the use of technically incorrect practices, which have contributed to the impoverishment, compaction and desertification of agricultural soils. Punch seeders are seen as a promising alternative for carrying out sowing in family farming, as they employ localised seed distribution with less disturbance of the soil and the consequent preservation and conservation of its structure. The aim of this study was to evaluate the quality of seed distribution by a punch seeder used in family farming. The experiment was carried out in a soil classified as a Red-Yellow Argisol. Descriptive statistics were used to evaluate the quality of seed distribution by the punch system. Statistical Process Control was adopted to evaluate quality control in the seed distribution process. The results showed that the performance of the punch seeder was similar to that of the precision pneumatic seeder, with 90.2% acceptable spacing. As demonstrated by the SPC study that showed the process to be compatible with quality standards, the punch seeder is therefore a viable alternative in the sowing process for family farming, since an improvement in sowing quality, with a precision of 88.4% was obtained. The punch system resulted in less soil disturbance when compared to the disc harrow and manual seeder, and proved to be an effective solution for conservation agriculture.

Palavras-chave


Quality control; Punch system; Seeding

Texto completo:

PDF

Referências


ALBIERO, D. et al. Avaliação da distribuição de sementes por uma semeadora de anel interno rotativo utilizando média móvel exponencial. Revista Ciência Agronômica, v. 43, n. 1, p. 86-95, 2012.

ALBIERO, D. et al. Tecnologias agroecológicas para o semiárido. In: MELO, R. P. et al. Semeadoras agroecológicas. Fortaleza, 2015. cap. 8, p. 122-135. Edição do autor.

CHAO, L. L. Statistics: methods and analyses. 2nd. ed. New York: McGraw-Hill, 1974. 359 p.

CHIODEROLI, C. A. et al. Perdas de grãos e distribuição de palha na colheita mecanizada de soja. Bragantia, v. 71, n. 1, p. 112-121, 2012.

CORRÊA JÚNIOR, D. et al. Influência da velocidade de deslocamento no desempenho de uma semeadora-adubadora de tração animal. Global Science and Technology, v. 3, n. 3, p. 50- 58, 2010.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro, 2006. 306 p.

EMBRAPA MILHO E SORGO. Plantio. 6. ed. 2010. (Embrapa Milho e Sorgo. Sistema de produção,1). Disponível em: < http://www.cnpms.embrapa.br/publicacoes/milho_1_ed/plantespaca.htm>. Acesso em: 24 set. 2016.

ELSMAR. FMEA. 2009. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2016.

FERNANDES, A. E. S.; COSTA, C. E. S.; SOUZA, E. S. O. O uso de controle estatístico de processo na gestão de qualidade. Estudo de caso: Grupo Coringa - AL. Inovação, Gestão e Produção, v. 3, n. 6, p. 1-10, 2011.

FRABETTI, D. R. et al. Desenvolvimento e avaliação do desempenho de uma semeadora puncionadora para plantio direto de milho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 2, p. 199-204, 2011.

FURLANI, C. E. A. et al. Semeadora-adubadora: exigências em função do preparo do solo, da pressão de inflação do pneu e da velocidade. Revista Brasileira Ciências do Solo, v. 32, n. 1, p. 345-352, 2008.

KURACHI, S. A. H. et. al. Avaliação tecnológica de semeadoras e/ou adubadoras: tratamento de dados de ensaios e regularidade de distribuição longitudinal de sementes. Bragantia, v. 48, n. 2, p. 249-262, 1989.

MELO, R. P. et al. Análise do controle de qualidade de um terraceador trabalhando em um Argissolo Vermelho amarelo. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, v. 10, n. 2, p. 210-216, 2016.

MELO, R. P. et al. Qualidade na distribuição de sementes de milho em semeadoras em um solo cearense. Revista Ciência Agronômica, v. 44, n. 1, p. 94-101, 2013.

MIALHE, L. G. Máquinas agrícolas: ensaios e certificação. Piracicaba: FEALQ, 1996. 722 p.

MILAGRES, R. S. et al. Desempenho de um conjunto trator-semeadora-adubadora em função do mecanismo sulcador e velocidade de deslocamento. Engenharia na agricultura, v. 23, n. 2, p. 143-153, 2015.

MODOLO, A. J. et al. Semeadura de milho com dois mecanismos sulcadores sob diferentes intensidades de pastejo. Revista Engenharia Agrícola, v. 33, n. 6, p. 1200-1209, 2013.

MONTGOMERY, D. C. Design and analysis of experiments. 3rd. ed. New York: John Wiley and Sons, 1991. 651 p.

MONTGOMERY, D. C. Introdução ao controle estatístico da qualidade. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2004. 532 p.

RIBEIRO, J. L. D.; CATEN, S. T. Controle estatístico do processo: cartas de controle para variáveis, cartas de controle para atributos, função de perda quadrática, análise de sistemas de medição. Porto Alegre: FEENG: UFRGS, 2011. 172 p.

SANTOS, A. J. M. et al. Análise espacial da distribuição longitudinal de sementes de milho em uma semeadora-adubadora de precisão. Bioscicence Journal, v. 27, n. 1, p. 16-23, 2011.

SIQUEIRA, R.; CASÃO JÚNIOR, R.; ARAÚJO, A. G. Plantadoras, plantio direto: ângulo ideal. Cultivar máquinas, v. 13, p. 30-32, 2002.

SNEDECOR, G. W.; COCHRAN, W. G. Statistical methods. 8. ed. Ames: Iowa University Press, 1989. 489 p.

STEFANELLO, G. et al. Estrutura funcional de uma semeadora de tração humana. Ciência Rural, v. 44, n. 9, p. 1583-1588, 2014.

TEIXEIRA, S. S. et al. Caracterização da produção agroecológica do sul do Rio Grande do Sul e sua relação com a mecanização agrícola. Engenharia Agrícola, v. 29, n. 1, p. 162-171, 2009.

VIANNA, L. R.; REIS, A. V. dos; MACHADO, A. L. T. Desenvolvimento de dosador de sementes com dupla saída para disco horizontal. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 18, n. 10, p. 1086-1091, 2014.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.