Adubação orgânica da batata com esterco bovino no município de Esperança - PB

Lucas Borchartt, Ivandro de França da Silva, Edivânia de Oliveira Santana, Cícero de Souza, Leonardo Elias Ferreira

Resumo


Objetivou-se avaliar a eficiência do esterco bovino na adubação orgânica na cultura da batata. O experimento foi realizado no município de Esperança/PB, em Neossolo Regolítico. A cultivar utilizada foi a Monalisa, onde o delineamento utilizado foi de blocos casualizados, com três repetições. Os tratamentos foram constituídos de aplicação de esterco bovino em quantidades de 0; 3; 6; 9; 12; 15; 18; 21 e 24 t ha-1 e 10 t ha-1 com a complementação de NPK com percentagens de 0; 12,5; 25; 37,5; 50; 62,5; 75; 87,5 e 100% da fórmula 120-80-90 (N-P2O5-K2O), calculada conforme a análise de solo. As variáveis avaliadas foram: número e peso médio de tubérculos por planta, produção total, produção comercial, perdas de produção e matéria seca de tubérculos. O uso de esterco bovino e esterco bovino à adição de NPK proporcionaram aumento no peso de tubérculos por planta, produção total e produção comercial de tubérculos de batata. Desta forma, observa-se que o esterco bovino é uma boa alternativa como adubação orgânica para os produtores de batata.


Palavras-chave


Solanum tuberosum L.; Fertilidade do solo; Produtividade

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.