Metabolizable energy in energy food for growing pigs and cross-validation regression models

Newton Tavares Escocard de Oliveira, Paulo Cesar Pozza, Leandro Dalcin Castilha, Tiago Junior Pasquetti, Carolina Natali Langer

Resumo


The present study aimed to determine the apparent metabolizable energy (AME) of six corn cultivars, two sorghum cultivars and two wheat brans and to evaluate the cross-validation of predictive models of AME for corn, sorghum and wheat bran for growing pigs, as estimated from the data of chemical composition. Forty-four pigs, with an average initial weight of 24.3 kg, were distributed in a randomized block design, with 11 treatments (ten food treatments and the reference diet), four replicates and one pig per experimental unit. The reference diet was replaced by 30% for the ground corn and sorghum conditions and 20% for the wheat bran condition. The values of AME for corn, sorghum and wheat meal for pigs ranged from 3161 to 3275, 3317 to 3457 and 2767 to 2842 kcal kg-1 as a feed basis, respectively. The average metabolizability of the gross energy did not differ between the corn and sorghum cultivars, which formed a homogeneous group of food. Next, linear regression models were fitted to the 1st degree of the observed values as a function of the predicted AME, to test the hypothesis β0 = 0 and β1 = 1 in an experimental sample and 200 bootstrap samples. Fourteen predictive models had low percentages of cross-validation, ranging from 0-29.5%. The AME1A = 2.547 + 0.969ADE model was validated in experimental sample and 68% of bootstrap samples, proving its accuracy in estimating the AME of corn and sorghum from national data for growing pigs.


Palavras-chave


Bootstrap; Chemical composition; Metabolizability coefficient; Total excreta collection

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, R. C. et al. Composição bromatológica e parâmetros físicos de grãos de sorgo com diferentes texturas de endospermas. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 59, n. 5, p. 1351-1354, 2007.

ANTUNES, R. C. et al. Valor nutritivo de grãos de sorgo com diferentes texturas do endosperma para leitões. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 60, n. 3, p. 713-718, 2008.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE RAÇÕES. Matérias-primas para alimentação animal - padrão. 4. ed. 1985. 65 p.

CASTILHA, L. D. et al. Modelos matemáticos para predição dos valores energéticos do milho para suínos. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 12, n. 2, p. 456-467, 2011.

COELHO-BARROS, E. A. et al. Métodos de estimação em regressão linear múltipla: aplicação a dados clínicos. Revista Colombiana de Estadística, v. 31, n. 1, p. 111-129, 2008.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Centro Nacional de Pesquisa de Suínos e Aves. Tabela de composição química e valores energéticos de alimentos para suínos e aves. 3. ed. Concórdia, 1991. 97 p.

FERREIRA, E. R. A. et al. Avaliação da composição química e determinação de valores energéticos e equação de predição de alguns alimentos para suínos. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 26, n. 3, p. 514-523, 1997.

LANGER, C. N. Energia metabolizável de alimentos energéticos para suínos: predição via meta-análise, determinação e validação por simulação bootstrap. 2013. 99 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2013.

LEKULE, F. P. et al. Nutritive value of some tropical feedstuffs for pigs. Chemical composition, digestibility and metabolizable energy content. Animal Feed Science and Technology, v. 28, p. 91-101, 1990.

MONTGOMERY, D. C.; PECK, E. A.; VINING, G. G. Introduction to linear regression analysis. 4th ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2006. 612 p.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL. Nutrient requirements of swine. 11th ed. Washington, D. C.: The National Academies Press, 2012. 420 p.

NOBLET, J.; PEREZ, J. M. Prediction of digestibility of nutrients and energy values of pig diets from chemical analysis. Journal of Animal Science, v. 71, n. 12, p. 3389-3398, 1993.

NUNES, R. V. et al. Coeficientes de metabolizabilidade da energia bruta de diferentes ingredientes para frangos de corte. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 37, n. 1, p. 89-94, 2008.

OLIVEIRA, G. C. et al. Corn types with different nutritional profiles, extruded or not, on piglets (6 to 15 kg) feeding. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 11, p. 2462-2470, 2011.

OLIVEIRA, V.; WARPECHOWSKI, M. Avaliação de modelos para predição da energia metabolizável do milho para aves. Ciência Rural, v. 39, n. 5, p. 1514-1520, 2009.

PELIZZERI, R. N. et al. Avaliação de modelos de predição da energia metabolizável do milho para suínos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 65, n. 2, p. 460-468, 2013.

POZZA, P. C. et al. Determinação e predição de valores energéticos de silagens de grãos úmidos de milho para suínos. Ciência e Agrotecnologia, v. 34, n. 1, p. 226-232, 2010.

R CORE TEAM. R: a language and environment for statistical computing. Vienna, Austria: R Foundation for Statistical Computing, 2013. Disponível em: . Acesso em: 26 ago. 2016.

ROSTAGNO, H. S. et al. Tabelas brasileiras para aves e suínos: composição de alimentos e exigências nutricionais. 3. ed. Viçosa, MG: UFV, 2011. 252 p.

SAKOMURA, N. K.; ROSTAGNO, H. S. Métodos de pesquisa em nutrição de monogástricos. 2. ed. Jaboticabal, SP: Funep, 2016. 262 p.

SILVA, D. J.; QUEIROZ, A.C. Análise de alimentos: métodos químicos e biológicos. 3. ed. Viçosa, MG: UFV, 2005. 235 p.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.