Desbaste seletivo e população de plantas na cultura da mamoneira

Belísia Lúcia Moreira Toscano Diniz, Francisco José Alves Fernandes Távora, Manoel Alexandre Diniz Neto, Francisco Marcus Lima Bezerra

Resumo


O manejo de uma cultura representa um conjunto de práticas realizadas numa lavoura com o propósito de aperfeiçoar seu potencial produtivo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência do desbaste controlado dos ramos laterais, sobre os componentes de produção da mamoneira, cv. BRS 188 Paraguaçu, cultivada em diferentes densidades populacionais. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental Vale do Curu em Pentecoste - CE, no período de junho a dezembro de 2007. Os tratamentos constaram da combinação de dois espaçamentos com quatro modos de condução do crescimento da planta através do desbaste seletivo dos ramos laterais (poda) e uma testemunha, semeada no espaçamento recomendado para uma planta de porte médio. Foi adotado o delineamento experimental em blocos casualizados, utilizando-se esquema fatorial [(4x2) + 1], representado por quatro tipos de podas (sem poda; racemo primário; racemo primário e um secundário e racemo primário e dois secundários) em dois espaçamentos (1,0 m x 0,50 m e 1,0 m x 0,25 m), mais uma testemunha (sem poda e no espaçamento 2,0 m x 1,0 m), com quatro repetições. A manipulação de crescimento associada aos diferentes espaçamentos promoveu aumentos significativos no teor de óleo em relação à testemunha. As podas associadas aos espaçamentos proporcionaram uma sincronização e redução do ciclo da BRS 188 Paraguaçu. Nos tratamentos com manipulação de crescimento em espaçamentos mais adensados os racemos primários tiveram a maior participação na produção de grãos.

Palavras-chave


communis L. Manejo cultural. Produção de grãos

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.