Evapotranspiração e coeficientes de cultivo da bananeira no Vale do Curu, CE

Evandro Nascimento da Silva, Francisco Marcus Lima Bezerra

Resumo


O objetivo do trabalho foi estimar a evapotranspiração da cultura da bananeira, cultivares Pacovan e Prata Anã e determinar os seus coeficientes de cultivo, no estádio vegetativo e início do estádio floração – frutificação. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental do Vale do Curu, município de Pentecoste, CE, pertencente à Universidade Federal do Ceará no período de julho a dezembro de 2002. A evapotranspiração da cultura foi estimada através do método do balanço hídrico no solo enquanto a evapotranspiração de referência (ETo) foi calculada pelos métodos do tanque Classe A e Penman Monteith – FAO. O método do balanço hídrico no solo, auxiliado pela tensiometria para medida da umidade do solo, mostrou-se viável na estimativa da evapotranspiração da cultura (ETc) e dos coeficientes de cultivo (Kc). A taxa de evapotranspiração média da cultura para todo o período foi de 4,79 mm dia-1 para a cultivar Prata Anã e 5,8 mm dia-1 para a cultivar Pacovan. Os valores dos coeficientes de cultivo variaram de 0,7 a 0,9 pelo método do tanque Classe A e de 0,8 a 1,0 pelo método de Penman Monteith – FAO, para as cultivares Prata Anã e Pacovan nos estádios vegetativo e início do estádio floração - frutificação, respectivamente.

Palavras-chave


Musa sp. Balanço hídrico. Penman – Monteith. Tanque Classe A.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.