Evapotranspiração e coeficiente de cultivo da bananeira para a região litorânea do Ceará

Afrânio Arley Teles Montenegro, Antônia Renata Monteiro Gomes, Fábio Rodrigues de Miranda, Lindbergue Araújo Crisóstomo

Resumo


O experimento foi conduzido no município de Paraipaba-CE (latitude 03°28’47’’ S, longitude 39°09’47’’ W e altitude de 31 m), com o objetivo de estimar a evapotranspiração e os coeficientes de cultivo para a cultura da bananeira. Utilizou-se a cultivar Pacovan, plantada no espaçamento de 4,0 m x 2,0 m x 2,4 m e irrigada por microaspersão. A evapotranspiração da cultura (ETc) foi determinada utilizando-se o método do balanço hídrico do solo a partir de leituras de tensiômetros com manômetro de mercúrio. A evapotranspiração de referência (ETo) foi estimada pelo método de Penman-Monteith-FAO. Foram observados valores médios de evapotranspiração da cultura de 2,6 mm d-1 para o estádio inicial; 3,5 mm d-1 para o estádio de florescimento e desenvolvimento dos frutos do 1º ciclo; 3,9 mm d-1 para o crescimento vegetativo do 2° ciclo e 4,3 mm d-1 para o florescimento e desenvolvimento dos frutos do 2° ciclo. Os valores dos coeficientes de cultivo foram de 0,60; 1,05; 0,86 e 1,05 para os estádios inicial, florescimento e desenvolvimento dos frutos do 1º ciclo, crescimento vegetativo do 2º ciclo e florescimento e desenvolvimento dos frutos do 2º ciclo, respectivamente.


Palavras-chave


Musa. Pacovan. Soil water balance.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.