Variabilidade fenotípica de genótipos de arroz irrigado via análise multivariada

Eduardo Anibele Streck, Gabriel Almeida Aguiar, Ariano Martins de Magalhães Júnior, Paulo Henrique Karling Facchinello, Antônio Costa de Oliveira

Resumo


Considerando-se a necessidade de incremento de variabilidade genética dentro dos programas de melhoramento de arroz irrigado no Brasil, este trabalho objetivou caracterizar fenotipicamente acessos de arroz irrigado e estimar as suas distâncias genéticas com a utilização de análises multivariadas. Foram caracterizados fenotipicamente 92 acessos de arroz irrigado avaliados quanto a 35 descritores morfológicos, sendo, 21 caracteres de herança qualitativa e 14 caracteres de herança quantitativa. Os caracteres quantitativos discriminaram via distâncias genéticas os acessos em nove grupos distinguíveis entre si, principalmente pela distribuição das subespécies indica e japonica. Já para os caracteres qualitativos o dendrograma discriminou cinco grupos distintos, sendo evidenciadas a seleção e utilização de genótipos a nível mundial com arquitetura e padrões fenotípicos definidos. Logo, evidenciou-se pela caracterização fenotípica via análise multivariada que os genótipos cultivados no Rio Grande do Sul demonstraram estreita base genética. No entanto, existe variabilidade fenotípica para incremento desta base genética e consequente aumento da probabilidade de obtenção e seleção de progênies superiores geneticamente.


Palavras-chave


Dissimilaridade genética; Segregantes transgressivos; Caracteres fenotípicos

Texto completo:

PDF

Referências


ADORIAN, G. C. Caracterização da diversidade fenotípica existente em uma coleção nuclear de arroz de terras altas. 2010. 63 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Tocantins, Campus de Gurupi, Gurupi, 2010.

AREIAS, R. G. B. M. et al. Similaridade genética de variedades crioulas de arroz, em função da morfologia, marcadores RAPD e acúmulo de proteína nos grãos. Bragantia, v. 65, n. 1, p. 19-28, 2006.

BENITEZ, L. C. et al. Análise multivariada da divergência genética de genótipos de arroz sob estresse salino durante a fase vegetativa. Revista Ciência Agronômica, v. 42, n. 2, p. 409-416, 2011.

BERTAN, I. et al. Morphological, pedigree, and molecular distances and their association with hybrid wheat performance. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 44, n. 2, p. 155-163, 2009.

BRESEGHELLO, F.; COELHO, A. S. G. Traditional and modern plant breeding methods with examples in rice (Oryza sativa L.). Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 61, p. 8277-8286, 2013.

CEOLIN, A. C. G. et al. Genetic divergence of the common bean (Phaseolus vulgaris L.) group Carioca using morpho-agronomic traits by multivariate analysis. Hereditas, v. 144, p. 1-9. 2007.

COIMBRA, R. R. et al. Caracterização e divergência genética de populações de milho resgatadas do Sudeste de Minas Gerais. Revista Ciência Agronômica, v. 41, n. 1, p. 159-166, 2010.

CRUZ, C. D. GENES: a software package for analysis in experimental statistics and quantitative genetics. Acta Scientiarum, v. 35, n. 3, p. 271-276, 2013.

CRUZ, C. D.; REGAZZI, A. J.; CARNEIRO, P. C. S. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. 4. ed. Viçosa, MG: UFV, 2012. v. 1, 514 p.

EVANS, L. T.; VISPERAS, R. M.; VERGARA, B. S. Morphological and physiological changes among rice varieties used in the Philippines over the last seventy years. Field Crops Research, v. 8, n. 1/2, p. 105-124, 1984.

GARRIS, A. J. et al. Genetic structure and diversity in Oryza sativa L. Genetics, v. 169, p. 1631-1638, 2005.

GOWER, J. C. A general coefficient of similarity and some of its properties. Biometrics, v. 27, p. 857-871, 1971.

HOSAN S. M. et al. Genetic divergence in landraces of Bangladesh rice (Oryza sativa L.). The Agriculturists: A Scientific Journal of Krishi Foundation, v. 8, n. 2, p. 28-34, 2010.

INTERNATIONAL RICE GENOME SEQUENCING PROJECT. The map-based sequence of the rice genome. Nature, v. 436, p. 793-800, 2005.

JAKELAITIS, A. et al. Resposta de duas cultivares de arroz de terras altas ao espaçamento entre linhas e a convivência com plantas daninhas. Global Science and Technology, v. 2, n. 3, p. 16-28, 2009.

MAGALHÃES JÚNIOR, A. M. Recursos genéticos de arroz (Oryza sativa L.) no Sul do Brasil. 2007. 160 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2007.

MAHALANOBIS, P. C. On the generalized distance in statistics. Proceedings National Institute of Science, v. 12, p. 49-55, 1936.

MANTEL, N. The detection of disease clustering and a generalized regression approach. Cancer Research, v. 27, n. 2, p. 209-220, 1967.

MARTINS, A. F. et al. Variabilidade para caracteres morfológicos em mutantes de arroz. Ciência e Agrotecnologia, v. 26, n. 6, p. 1215-1223, 2005.

MCCOUCH, S. R. Diversifying selection in plant breeding. Plos Biology, v. 2, p. 1507-1512, 2004.

MENEZES, I. P. P. et al. Distância genética entre linhagens avançadas de germoplasma de algodão com uso de marcadores de RAPD e microssatélites. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 43, n. 10, p. 1339-1347, 2008.

RAJENDRAN, N. et al. DNA fingerprinting and estimation of genetic diversity among hybrid rice parental lines (Oryza sativa L.) using simple sequence repeats (SSR) markers. Journal of Plant Breeding and Crop Science, v. 4, n. 11, p. 169-174, 2012.

RANGEL, P. H. N.; GUIMARÃES, E. P.; NEVES, P. C. F. Base genética das cultivares de arroz (Oryza sativa L.) irrigado do Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 31, n. 5, p. 349-357, 1996.

SILVA, E. F. et al. Divergência fenotípica entre genótipos de arroz de terras altas. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 6, n. 2, p. 280-286, 2011.

SINGH, D. The relative importance of characters affecting genetic divergence. The Indian Journal of Genetics and Plant Breeding, v. 41, p. 237-245, 1981.

SOKAL, R. R.; ROHLF, F. J. The comparison of dendrograms by objective methods. Taxon, v. 11, n. 1, p. 30-40, 1962.

VANNIARAJAN, C.; VINOD, K. K.; PEREIRA, A. Molecular evaluation of genetic diversity and association studies in rice (Oryza sativa L.). Journal of Genetics, v. 91, n. 1, p. 9-19, 2012.

VIEIRA, E. A.; CARVALHO, F. I. F.; OLIVEIRA, A. C. Comparação entre medidas e distância genealógica, morfológica e molecular em aveia em experimentos com e sem a aplicação de fungicida. Bragantia, v. 64, n. 1, p. 51-60, 2005.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.