Linha de fronteira e chance matemática na determinação do estado nutricional de pitaia

Edmilson Igor Bernardo Almeida, José Aridiano Lima de Deus, Márcio Cleber de Medeiros Corrêa, Lindbergue Araujo Crisostomo, Júlio César Lima Neves

Resumo


Com o presente trabalho objetivou-se avaliar, através dos métodos linha de fronteira e chance matemática, o estado nutricional de pitaias submetidas a combinações de doses crescentes de nitrogênio-potássio (N-K) e fósforo-zinco (P-Zn). Foram aplicadas cinco doses de N (0; 150; 300; 450 e 600 mg dm-3) e K (0; 75; 150; 225 e 300 mg dm-3) no experimento I, e cinco doses de P (0; 75; 150; 255 e 300 mg dm-3) e Zn (0; 2; 4; 6 e 8 mg dm-3) no experimento II. Ambos os experimentos foram arranjados em esquema fatorial 5 x 5, com quatro blocos ao acaso. Houve bastante similaridade entre as faixas de suficiência obtidas pela chance matemática e linha de fronteira, exceto para o fósforo. As faixas de suficiência obtidas pela linha de fronteira foram mais amplas que as obtidas pela chance matemática. O método linha de fronteira apresenta elevada capacidade preditiva no ajuste dos dados, demonstrando ser uma importante ferramenta na obtenção de faixas de suficiência e valores de referência para estudos posteriores de diagnose nutricional em pitaia.

Palavras-chave


Hylocereus undatus; Faixa de suficiência; Frutíferas exóticas; Interação entre nutrientes

Texto completo:

PDF

Referências


BASTOS, D. C. et al. Propagação da pitaya ‘vermelha’ por estaquia. Ciência e Agrotecnologia, v. 30, n. 6, p. 1106-1109, 2006.

BLANCO-MACÍAS, F. et al. Nutritional reference values for Opuntia ficus-indica determined by means of the boundary-line approach. Journal of Plant Nutrition and Soil Science, v. 173, n. 6, p. 927-934, 2010.

CARNEIRO, L. F. et al. Fonte, doses e modos de aplicação de fósforo na interação fósforo-zinco em milho. Ciência e Agrotecnologia, v. 32, n. 4, p. 1133-1141, 2008.

DEUS, J. A. L. et al. Chance matemática na determinação do estado nutricional do amendoim. Bioscience Journal, v. 28, n. 3, p. 351-357, 2012.

DIAS, J. R. M. et al. Normas DRIS para cupuaçuzeiro cultivado em monocultivo e em sistemas agroflorestais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 45, n. 1, p. 64-71, 2010.

DONADIO, L. C. Pitaya. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 31, n. 3, p. 637-929, 2009.

DOW, A. I.; ROBERTS, A. I. Proposal: critical nutrient ranges for crop diagnosis. Agronomy Journal, v. 74, n. 2, p. 401-403, 1982.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Manual de análise química dos solos, plantas e fertilizantes. 2. ed. Brasília: Embrapa Informação Técnologica, 2009. 627 p.

ESTELLENA, N. T. Dragon fruit production guide. Pinoy bisnes ideas: money making business ideas for entrepreneurs. Disponível em: . Acesso em: 22 nov. 2013.

FERNANDES, L. V. Normas e determinação de faixas de suficiência para diagnose foliar com base no crescimento relativo de eucalipto. 2010. 83 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.

LE BELLEC, F.; VAILLANT, F.; INBERT, E. Pitahaya (Hylocereus spp.): a new crop, a market with a future. Fruits, v. 61, n. 4, p. 237-250, 2006.

MALAVOLTA, E. Manual de química agrícola: adubos e adubação. São Paulo: Agronômica Ceres, 1981. 594 p.

MEMON, N.; MEMONAND, K. S.; HASSAN, Z. U. Plant analysis as a diagnostic tool for evaluating nutritional requirements of bananas. International Journal of Agriculture and Biology, v. 7, p. 824-831, 2005.

MOREIRA, R. A. et al. Produção e qualidade de frutos de pitaia-vermelha com adubação orgânica e granulado bioclástico. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 33, p. 762-766, 2011. Número especial.

MOREIRA, R. A. et al. Produtividade e teores de nutrientes em cladódios de pitaia vermelha utilizando-se adubação orgânica e granulado bioclástico. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 7, n. 5, p. 714-719, 2012.

MUNER, L. H. et al. Disponibilidade de zinco para milho em resposta à localização de fósforo no solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 1, p. 29-36, 2011.

ORTIZ-HERNÁNDEZ, Y. D.; CARRILLO-SALAZAR, J. A. Pitahaya (Hylocereus spp.): a short review. Comunicata Scientiae, v. 3, n. 4, p. 220-237, 2012.

PREVOT, P.; OLLAGNIER, M. Methode d’utilisation du diagnostic foliarie. In: Plant analysis and fertilizer problems. Paris: I.H.R.O, 1956. p. 177-192.

REIS JÚNIOR, R. A.; MARTINEZ, H. E. P. Adição de Zn e absorção, translocação e utilização de Zn e P por cultivares de cafeeiro. Scientia Agricola, v. 59, n. 3, p. 537-542, 2002.

RESENDE, A. V. Adubação com micronutrientes no cerrado. Planaltina: Embrapa Cerrados, 2003. 43 p. (Embrapa Cerrados. Documentos, 80). Disponível em: . Acesso em: 27 jan. 2014.

SERRA, A. P. et al. Determinação de faixas normais de nutrientes no algodoeiro pelos métodos ChM, CND e DRIS. Revista Brasileira de Ciência Solo, v. 34, n. 1, p. 105-113, 2010.

URANO, E. O. M. et al. Avaliação do estado nutricional da soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 41, n. 9, p. 1421-1428, 2006.

URANO, E. O. M. et al. Determinação de teores ótimos de nutrientes em soja pelos métodos chance matemática, sistema integrado de diagnose e recomendação e diagnose da composição nutricional. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v. 31, n. 1, p. 63-72, 2007.

WADT, P. G. S. et al. O Método da chance matemática na interpretação de dados de levantamento nutricional de talhões florestais sob condições de campo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 22, p. 775-780, 1998.

WADT, P. G. S. et al. Padrões nutricionais para lavouras arrozeiras irrigadas por inundação pelos métodos da CND e chance matemática. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 37, n. 1, p. 145-156, 2013.

WALWORTH, J. L. et al. Use of boundary lines in establishing diagnostic norms. Soil Science Society of America Journal, v. 50, p. 123-128, 1986.

ZANÃO JÚNIOR, L. A.; LANA, R. M. Q.; GUIMARÃES, E. C. Variabilidade espacial do pH, teores de matéria orgânica e micronutrientes em profundidades de amostragem um Latossolo Vermelho sob semeadura direta. Ciência Rural, v. 37, n. 4, p. 1000-1007, 2007.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.