Formas de fósforo em Luvissolo Crómico Órtico sob sistemas agroflorestais no município de Sobral-CE

Rafaella da Silva Nogueira, Teógenes Senna de Oliveira, Eduardo de Sá Mendonça, João Ambrósio Araújo Filho

Resumo


Objetivamos avaliar as formas de fósforo em sistemas de manejo de solo agroflorestal e convencional para verificar a hipótese de que as mesmas sejam alteradas pelo manejo. Foram coletadas, em setembro de 2002, amostras de solo nas profundidades: 0-6; 6-12; 12-20 e 20-40 cm, na Fazenda Crioula, em experimento instalado desde 1997, pertencente ao CNPCEMBRAPA, no município de Sobral-CE. A partir deste projeto foram selecionadas as seguintes áreas: Agrossilvipastoril (AGP), Silvipastoril (SILV), Tradicional 1998 (TR-98), Cultivo Intensivo em Pousio (CIP), Mata Nativa 1 (MN-1) e Mata Nativa 2 (MN-2). As amostras foram submetidas ao fracionamento de fósforo. Os tratamentos foram arranjados em parcelas subdivididas, sendo os sistemas de cultivo definidos como a parcela e as quatro profundidades como subparcelas. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso com cinco repetições. O agrosilvipastoril apresentou a maior concentração de fósforo total. Este, juntamente com o silvipastoril foram os sistemas de manejo que apresentaram as melhores distribuições das frações inorgânicas e orgânicas de fósforo quando comparado as áreas de mata nativa. Em relação às áreas TR-98 e CI observou-se um elevado percentual na concentração do Pi (H+) e reduzida participação do Po (H+). Estes resultados indicam que a contribuição do reservatório orgânico de P tende a ser esgotado com a continuidade deste uso. Portanto, a partir do fracionamento de P, verificou-se que os sistemas agroflorestais favorecem o aporte de matéria orgânica e os estoques de Po, condicionando uma maior ciclagem deste nutriente no solo.


Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.