Dinâmica da salinidade do solo em áreas do Distrito de Irrigação Araras Norte, Ceará

Luiz Carlos Guerreiro Chaves, Julio Cesár Neves Santos, Ana Célia Maia Meireles, Eunice Maia Andrade, José Ribeiro Araújo Neto

Resumo


O objetivo deste trabalho foi efetuar estudo comparativo entre as concentrações dos íons Na+, Cl-, Ca2+ + Mg2+ e K+ em solos irrigados com aquelas presentes em solos de mata nativa, bem como avaliar a ação da chuva na lixiviação deles. O experimento foi conduzido no Distrito de Irrigação do Perímetro Araras Norte, Ceará, Brasil. As coletas foram realizadas bimestralmente, de maio/2003 a setembro/2005. A área de estudo era cultivada com uva (Vitis vinifera L.) desde 2001 e irrigada por microaspersão. As camadas amostradas nas áreas foram de 0,00-0,30; 0,30-0,60 e 0,60-0,90 m. A água utilizada na irrigação foi classificada como C1S2. Os resultados mostraram que a concentração de Ca2+ + Mg2+ apresentou maior incremento no solo da área irrigada em relação ao da mata nativa para a camada de 0,60-0,90 m. O Cl- foi o íon que apresentou maior concentração nas camadas superiores e valores constantes nas camadas mais profundas. Os íons Na+ e K+ apresentaram concentrações baixas nas áreas estudadas. Constatou-se que a altura pluviométrica total de 2.882 mm ocorrida na região não foi suficiente para conduzir o status salino do solo às condições da mata nativa, havendo um incremento de íons na solução do solo, podendo, no futuro, levar à degradação das áreas irrigadas do Distrito de Irrigação do Perímetro Araras Norte.


Palavras-chave


Solos-salinidade; Plantas-efeito do sal; Solos-lixiviação.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.