Distribuição espacial da leprose dos citros na Amazônia Oriental

Fábio Júnior de Oliveira, Paulo Roberto Silva Farias, Anderson Gonçalves da Silva, Karjoene Cassimiro Vilar Rodrigues, Francisca das Chagas Bezerra de Araújo

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição espacial da leprose dos citros em dois pomares na região citrícola do Nordeste Paraense/Amazônia Oriental. Realizaram-se avaliações com intervalo mensal no período de dezembro de 2011 a novembro de 2012, verificando-se plantas com sintomas característicos da leprose dos citros, anotando-se 1 para presença e 0 para ausência. Foi aplicada a geoestatística para a análise espacial da doença, modelagem dos semivariogramas e confecção dos mapas de krigagem. O modelo que melhor se ajustou à distribuição espacial da doença foi o esférico, pois apresentou maior valor do coeficiente de determinação, com variação no alcance de 18 a 29 m na área A, e de 9 a 30 m na área B. O Índice de Dependência Espacial (IDE) apresentou-se moderado para todas as avaliações da área A, ficando no intervalo de 0,25 a 0,75, e na área B com exceção dos meses de dezembro de 2011, junho e setembro de 2012, que apresentaram o IDE moderado, todos apresentaram o IDE fraco com valores abaixo de 0,25. A geoestatística mostrou-se uma ferramenta propícia para a avaliação da distribuição espacial do Citrus leprosis virus (CiLV).

Palavras-chave


CiLV; Semivariograma; Krigagem; Dependência espacial

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, L. C. S. et al. Efeito de acaricidas sobre ovos do ácaro-da-leprose dos citros, em diferentes idades. Laranja, v. 27, p. 231-242, 2006.

ANDRADE, D. J. et al. Aspectos biológicos do ácaro Brevipalpus phoenicis vetor da leprose dos citros em plantas de buva (conyza canadensis). Planta Daninha, v. 30, n. 1, p. 97-103, 2012.

BASSANEZI, R. B.; LARANJEIRA, F. F. Spatial patterns of leprosis and its mite vector in commercial citrus groves in Brazil. Plant Pathology, v. 56, p. 97-106, 2007.

BASTIANEL, M. et al. Citrus leprosis: centennial of an unusual mite virus pathosystem. Plant Disease, v. 94, p. 284-292, 2010.

BASTIANEL, M. et al. The citrus leprosis pathosystem. Summa Phytopathologica, v. 32, n. 3, p. 211-220, 2006.

BIERAS, A. R.; SANTOS, M. J. Z. Influência climática na incidência do ácaro da leprose (Brevipalpus phoenicis) na citricultura dos municípios de Limeira e Bebedouro (SP). Geosul, v. 19, n. 37, p. 95-114. 2004.

BOARI, A. J. et al. Confirmação da presença da leprose dos citros tipo citoplasmática no Estado do Pará. Fitopatologia Brasileira, n. 32, p. 207-207, 2007. (Suplemento)

CHAREST, J. et al. Spatial distribution of Venturia inaequalis airborne ascospores in orchards. Phytopathology, v. 92, p. 769-779, 2002.

CHILDERS, C. C.; RODRIGUES, J. C. V. An overview of Brevipalpus mites (Acari: Tenuipalpidae) and the plant viruses they transmit. Zoosymposia, n. 6, p. 168-180, 2011.

CZERMAINSKI, A. B. C. Dinâmica espaço-temporal de populações do patossistema leprose dos citros em condições naturais de epidemia. 2006. 91 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.

CZERMAINSKI, A. B. C. et al. Dinâmica temporal da população do ácaro Brevipalpus phoenicis e da leprose dos citros sob condições naturais de epidemia. Fitopatologia Brasileira, v. 32, n. 4, p. 295-303, 2007.

DEUTSCH, C. V.; JOURNEL, A. G. GSLIB: geostatistical software library and user’s guide. New York: Oxford University Pres, 1992.

FARIAS, P. R. S. et al. Spatial analysis of the distribution of Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) and losses in maize crop productivity using geostatistics. Neotropical Entomology, v. 37, n. 3. p. 321-327, 2008.

FARIAS, P. R. S. et al. Using geostatistical analysis to evaluluate the presence of Rotylenchulus reniformis in cotton crops in Brazil: economic implications. Journal of Nematology, v. 34, p. 232-238, 2002.

FRANCISCON, L. et al. Modelo autologístico espaço-temporal com aplicação à análise de padrões espaciais da leprose-dos-citros. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 43, n. 12, p. 1677-1682, 2008.

FREITAS-ASTÚA, J. et al. Detection of citrus leprosis virus in citrus stems, fruit and the mite vector. Virus Reviews & Research, v. 8, p. 196, 2003.

GIBBS, A.; MACKENZIE, A. A primer pair for amplifying part of the genome of all potyvirids by RT-PCR. Journal of Virological Methods, n. 63, p. 9-16. 1997.

GOLDEN SOFTWARE, INC. Surfer for windows: realese 8.0, contouring and 3D surface mapping for scientist’s engineers user’s guide. New York, 2002. 714 p.

GYENGE, J. E.; TRUMPER, E. V.; EDELSTEIN, J. D. Diseño de planes de muestro con niveles fijos de precisión del pulgón manchador de la alfafa, Therioaphis trifolii Monell (Homoptera: Aphididae) en Alfafa (Medicago sativa L.). Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, v. 28, n. 4, p. 729-737, 1999.

KÖPPEN, W. Climatologia: com un estudio de lós climas de la tierra. México: Fundo de Cultura Econômica, 1948. 478 p.

LEAL, R. M. et al. Distribuição espacial de Huanglongbing (Greening) em citros utilizando a geoestatística. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 32, n. 3, p. 808-818, 2010.

LOCALI, E. C.; FREITAS-ASTÚA, J.; MACHADO, M. A. Leprose dos citros: biologia e diagnóstico do vírus. Laranja, v. 25, n. 1, p.53-68, 2004.

LOCALI, E. et al. Development of a molecular tool for the diagnosis of leprosis, a major threat to citrus production in the Americas. Plant Disease, v. 87, n. 10, p. 1317-1321, 2003.

MARQUES , J. P. R. et al. Lesões foliares e de ramos de laranjeira-doce causadas pela leprose-dos-citros. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 11, p. 1531-1536, 2007.

ROBERTO, S. R.; FARIAS, P. R. S.; BERGAMIM FILHO, A. Geoestatistical analysis of spatial dynamics of citrus variegated chlorolis. Fitopatologia Brasileira, v. 27, n. 6, p. 599-604, 2002.

RODRIGUES, J. C. V. et al. Brevipalpus-associated viruses in the Central Amazon Basin. Tropical Plant Pathology, v. 33, n. 1, p. 12-19, 2008.

RODRIGUES, J. C. V. et al. Citrus leprosis virus vectored by Brevipalpus phoenicis (Acari: Tenuipalpidae) on citrus in Brazil. Experimental and Applied Acarology, v. 30, n. 1/3, p. 161-179, 2003.

RODRIGUES, J. C. V.; OLIVEIRA, C. A. L. Ácaros fitófagos dos citros. In: Mattos Júnior, D., Negri, J. D. de, Pio, R.M. & Pompeu Júnior, J. (Ed.). Citros. Campinas: Instituto Agronômico: Fundag, 2005. p. 691-727.

SILVA, M. Z.; SATO, M. E.; OLIVEIRA, C. A. L. Diversidade e dinâmica populacional de ácaros em pomar cítrico. Bragantia, v. 71, n. 2, p.210-218, 2012.

VIEIRA, S. R. et al. Geostatistical theory and application to variability of some agronomical properties. Hilgardia, v. 51, p. 1-75, 1983.

ZIMBACK, C. R. L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade. 2001. 114 f. Tese (Livre-Docência) - Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2001.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.