Atributos do solo e qualidade de frutos nos sistemas convencional e orgânico de produção de maçãs no Sul do Brasil

Cassandro Vidal Talamini do Amarante, Eliete de Fátima Ferreira da Rosa, Jackson Adriano Albuquerque, Osmar Klauberg Filho, Cristiano André Steffens

Resumo


O presente estudo teve como objetivo avaliar as características físicas, químicas e biológicas do solo, a composição mineral e a qualidade de frutos, em pomares de maçãs ‘Royal Gala’ conduzidos sob os sistemas de produção convencional (CON) e orgânico (ORG), em um Nitossolo Háplico. Na linha de cultivo das plantas, o solo no ORG apresentou melhor qualidade física (maiores valores de estabilidade dos agregados, condutividade hidráulica saturada e porosidade total, e menor densidade), química [menor acidez e maiores valores de Ca e Mg trocáveis, carbono orgânico total (COT) e nitrogênio total (NT)] e biológica [maiores valores de carbono da biomassa microbiana (Cmic) e relação Cmic/COT], na camada de 0-20 cm, quando comparado ao CON. Como no ORG não foram utilizados produtos químicos sintéticos para a superação de dormência, a colheita comercial dos frutos ocorreu um mês após o CON. Apesar desta diferença na época de colheita, frutos cultivados sob o sistema ORG apresentam na colheita menor índice de iodo-amido e maiores valores de firmeza de polpa e teor de sólidos solúveis, quando comparados aos valores obtidos em frutos cultivados sob o sistema CON. Frutos do ORG possuem maior percentagem de coloração vermelha da casca, porém elevada severidade de “russeting”, em relação aos do sistema CON. Durante o armazenamento refrigerado convencional (quatro meses a 0 ± 0,5 oC/90-95% UR), frutos cultivados sob o sistema ORG apresentam elevada perda de firmeza de polpa, o que pode estar associado aos altos teores K e Mg na polpa e de N na casca, em relação aos cultivados sob o sistema CON. Portanto, mesmo no sistema ORG, o suprimento destes elementos pode ser demasiadamente elevado, comprometendo a preservação da qualidade pós-colheita dos frutos.

Palavras-chave


Malus domestica (Borkh); Atributos do solo; Nutrição de plantas; Pós-colheita de fruto

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, D. de O. et al. Soil microbial biomass under mulch types in an integrated apple orchard from Southern Brazil. Scientia Agricola, v. 68, n. 2, p. 217-222, 2011.

AMARAL, H. F. et al. Alterações nas propriedades químicas e microbianas de solos cultivados com videiras sob manejo orgânico e convencional no Sul do Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, n. 5, p. 1517-1526, 2011.

AMARANTE, C. V. T. et al. Yield and fruit quality of apple from conventional and organic production systems. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 43, n. 3, p. 333-340, 2008.

AMARANTE, C. V. T. et al. Composição mineral de maçãs ‘Gala’ e ‘Fuji’ produzidas no Sul do Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 47, n. 4, p. 550-560, 2012.

ARAÚJO, A. S. F. et al. Soil microbial activity in conventional and organic agricultural systems. Sustainability, v. 1, n. 2, p. 268-276, 2009.

ARAÚJO, A. S. F. de; MELO, W. J. de. Soil microbial biomass in organic farming system. Ciência Rural, v. 40, n. 11, p. 2419-2426, 2010.

CAREY, P. L.; BENGE J. R.; HAYNES, R. J. Comparison of soil quality and nutrient budgets between organic and conventional kiwifruit orchards. Agriculture, Ecosystems & Environment, v. 132, n. 1/2, p. 7-15, 2009.

COMISSÃO DE QUIMICA E FERTILIDADE DO SOLO. Manual de adubação e de calagem para os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 10. ed. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo - Núcleo Regional Sul, 2004. 400 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Centro Nacional de Pesquisas de Solos. Manual de métodos de análises de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SPI, 1997. 212 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SPI, 2009. 412 p.

ERNANI, P. R.; GIANELLO, C. Diminuição do alumínio trocável do solo pela incorporação de esterco de bovinos e camas de aviário. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 7, n. 2, p. 161-165, 1983.

ESPANHOL, G. L. et al. Propriedades químicas e físicas do solo modificadas pelo manejo de plantas espontâneas e adubação orgânica em pomar de macieira. Revista de Ciências Agroveterinárias, v. 6, n. 2, p. 83-94, 2007.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. Statistical databases. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2013.

Fließbach, A. et al. Soil organic matter and biological soil quality indicators after 21 years of organic and conventional farming. Agriculture, Ecosystems & Environment, v. 118, n. 1, p. 273-284, 2007.

GLOVER, J. D.; REGANOLD, J. P.; ANDREWS, P. K. Systematic method for rating soil quality of conventional, organic, and integrated apple orchards in Washington State. Agriculture, Ecosystems & Environment, v. 80, n. 1/2, p. 29-45, 2000.

GUBIANI, P. I. et al. Permeâmetro de carga decrescente associado a programa computacional para a determinação da condutividade hidráulica do solo saturado. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 34, n. 3, p. 993-997, 2010.

HOLB, I. J. et al. Yield response, pest damage and fruit quality parameters of scab-resistant and scab-susceptible apple cultivars in integrated and organic production systems. Scientia Horticulturae, v. 145, p. 109-117, 2012.

Jönsson, A. Organic apple production in Sweden: cultivation and cultivars. 2007. 33 f. Thesis (Doctorate in Crop Science) - Department of Crop Science, Swedish University of Agricultural Sciences, Balsgård, Sweden, 2007.

Lisboa, B. B. et al. Indicadores microbianos de qualidade do solo em diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 36, n. 1, p. 33-44, 2012.

MALUCHE-BARETTA, C. R. D. et al. Atributos microbianos e químicos do solo em sistemas de produção convencional e orgânico de maçãs no Estado de Santa Catarina. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 4, p. 655-665, 2007.

NACHTIGALL, G. R.; DECHEN, A. R. Seasonality of nutrients in leaves and fruits of apple trees. Scientia Agricola, v. 63, n. 5, p. 493-501, 2006.

OLIVEIRA, M. C. et al. Teor de matéria seca, pH e amônia volatilizada da cama de frango tratada ou não com diferentes aditivos. Revista da Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 32, n. 4, p. 951-954, 2003.

PECK, G. M. et al. Apple orchard productivity and fruit quality under organic, conventional, and integrated management. HortScience, v. 41, n. 1, p. 99-107, 2006.

PECK, G. M. et al. Soil properties change during the transition to integrated and organic apple production in a New York orchard. Applied Soil Ecology, v. 48, n. 1, p. 18-30, 2011.

PEDINI, S. Produção e certificação de café orgânico. In: ZAMBOLIM, L. (Ed.). Café: produtividade, qualidade e sustentabilidade. Viçosa: UFV, Departamento de Fitopatologia, 2000. p. 333-360.

REGANOLD, J. P. et al. Sustainability of three apple production systems. Nature, v. 410, n. 19, p. 926-930, 2001.

RICCI, M. dos S. F.; NEVES, M. C. P. Cultivo do café orgânico. Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2004. 95 p. (Embrapa Agrobiologia. Sistemas de Produção, 2).

RÓTH, E. et al. Postharvest quality of integrated and organically produced apple fruit. Postharvest Biology and Technology, v. 45, n. 1, p. 11-19, 2007.

Roussos, P. A.; GASPARATOS, D. Apple tree growth and overall fruit quality under organic and conventional orchard management. Scientia Horticulturae, v. 123, n. 2, p. 247-252, 2009.

Santos, C. C. dos; BELLINGIERI, P. A.; FREITAS, J. C. de. Efeito da aplicação de compostos orgânicos de cama de frango nas propriedades químicas de um Latossolo Vermelho Escuro cultivado com sogro granífero [Sorghum bicolor (L.) Moench]. Científica, v. 32, n. 2, p. 134 -140, 2004.

SAS INSTITUTE. SAS User’s guide: statistics. Software Version 9.0. Cary, NC, USA, 2002.

SHIRANI, H. et al. Effects of farmyard manure and tillage systems on soil physical properties and corn yield in central Iran. Soil & Tillage Research, v. 68, n. 2, p. 101-108, 2002.

WEIBEL, F.; WIDMER, F.; HUSISTEIN, A. Comparison of production systems: integrated and organic apple production. Part III: inner quality - composition and sensory. Obst und Weinbau, v. 140, n. 7, p. 10-13, 2004.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.