Substratos e diferentes concentrações da solução nutritiva preparada em água residuária no crescimento do girassol

José Amilton Santos Júnior, Hans Raj Gheyi, Nildo da Silva Dias, Danila Lima Araujo, Doroteu Honório Guedes Filho

Resumo


A utilização da água residuária no preparo da solução nutritiva em cultivos semi-hidropônicos, tanto incrementa a oferta de água em regiões de escassez quanto recicla os nutrientes nela contidos disponibilizando-os às plantas. Considerando estes aspectos, buscou-se com o presente trabalho, analisar o crescimento e desenvolvimento de plantas de girassol para fins ornamentais, cultivadas em sistema semi-hidropônico, utilizando água residuária no preparo de soluções nutritivas com concentrações nutricionais crescentes (55; 70; 85 e 100%) à base de NPK, e diferentes substratos de cultivo (fibra de coco, areia lavada e bagaço de cana de açúcar). Os tratamentos foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, analisado em esquema fatorial 4x3, com três repetições, totalizando 36 unidades experimentais. Concluiu-se que mesmo com a redução da concentração de NPK da solução nutritiva para 55%, o crescimento de plantas de girassol para fins ornamentais permanece dentro do padrão comercial, desde que seja utilizado água residuária no preparo da solução nutritiva e fibra de coco ou areia lavada como substrato de cultivo.


Palavras-chave


Helianthus annuus; Qualidade de água; Nutrição de Plantas

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, L. O. et al. Qualidade de flores de girassóis ornamentais irrigados com águas residuária e de abastecimento. IDESIA, v. 30, n. 2, p. 19-27, 2012.

AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION - APHA, American Water Works Association (AWWA), Water Pollution Control Federation (WPCF). Standard methods for the examination of water and wastewater. 13. ed. Washington, 1991. p. 62-65.

AWAD, M. M.; GHRIB, H. S. Productivity of some open pollinated sunflower populations under different nitrogen fertilizer rates in North Delta region. Journal of Agricultural Research, v. 35, n. 2, p. 503-521, 2009.

AZEVEDO, J. et al. Alterações químicas de cambissolo fertirrigado com água residuária doméstica tratada. Revista Agropecuária Científica no Semiárido, v. 9, n. 2, p. 66-76, 2013.

CARRIJO, O. A.; LIZ, R. S.; MAKISHIMA, N. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola. Horticultura Brasileira, v. 20, n. 4, p. 533-535, 2002.

CARRIJO, O. A. et al. Produtividade do tomateiro em diferentes substratos e modelos de casas de vegetação. Horticultura Brasileira, v. 22, n. 1, p. 05-09, 2004.

COSTA, F. X. et al. Efeitos residuais da aplicação de biossólidos e da irrigação com água residuária no crescimento do milho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 13, n. 6, p. 687-693, 2009.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo. 2. ed. rev. atual. Rio de Janeiro, 1997. 212 p.

FERREIRA, D. F. SISVAR: Um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium, v. 6, n. 1, p. 36-41, 2008.

FREIRE, D. F.; MALAVASI, U. C.; MALAVASI, M. M. Efeitos da aplicação de biossólido no crescimento inicial de Eucalyptus citriodora hook. Revista de Ciências Agroveterinárias, v. 5, n. 2, p. 102-107, 2006.

FURLANI, P. R. et al. Cultivo hidropônico de plantas. Campinas: Instituto Agronômico, 1999. 52 p. (Boletim técnico, 180)

GRIEVE, C. M; POSS, J. A. Response of ornamental sunflower cultivars ‘Sunbeam’ and ‘Moonbright’ to irrigation with saline wastewaters. Journal of Plant Nutrition, v. 33, n. 1, p. 1579-1592, 2010.

IVANOFF, M. E. A. et al. Formas de aplicação de nitrogênio em três cultivares de girassol na savana de Roraima. Revista Ciência Agronômica, v. 41, n. 3, p. 319-325, 2010.

KHALIL, H. E.; IBRAHIM H. M.; NAWAR, A. I. Defoliation time, plant density and N-level for sunflower as a forage and oil crop. Journal Advances of Agricultural Research, v. 13, n. 4, p. 748-763, 2008.

MALDANER, I. C. et al. Métodos de determinação não-destrutiva da área foliar em girassol, Ciência Rural, v. 39, n. 5, p. 1356-1361, 2009.

MEDEIROS, C. A. B.; STRASSBURGER, A. S.; ANTUNES, L. E. C. Avaliação de substratos constituídos de casca de arroz no cultivo sem solo do morangueiro. Horticultura Brasileira, v. 26, n. 2, p. 4827-4831, 2008.

MELO, D. M. et al. Produção e qualidade de melão rendilhado sob diferentes substratos em cultivo protegido. Revista Caatinga, v. 25, n. 1, p. 58-66, 2012.

NOBRE, R. G. et al. Crescimento do girassol irrigado com água residuária e adubação orgânica. Revista DAE, v. 3, n. 4, p. 50-60, 2009.

NOBRE, R. G. et al. Crescimento e floração do girassol sob estresse salino e adubação nitrogenada. Revista Ciência Agronômica, v. 41, n. 3, p. 358-365, 2010.

PAULA, L. et al. Crescimento e nutrição mineral de milho forrageiro em cultivo hidropônico com soro de leite bovino. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 9, p. 931-939, 2011.

QUEIROZ, I. S. R. et al. Tolerância da berinjela à salinidade cultivada em substrato de fibra de coco. Revista Agropecuária Científica no Semiárido, v. 9, n. 2, p. 15-20, 2013.

SANTOS JÚNIOR, J. A. Manejo de águas salinas e residuárias na produção de flores de girassol em sistema hidropônico para regiões semiáridas. 2013. 256 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Departamento de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2013.

SANTOS JÚNIOR, J. A. et al. Cultivo de girassol em sistema hidropônico sob diferentes níveis de salinidade. Revista Ciência Agronômica, v. 42, n. 4, p. 842-849, 2011.

SOUZA, R. M. et al. Utilização de água residuária e de adubação orgânica no cultivo do girassol. Revista Caatinga, v. 23, n. 2, p. 125-133, 2010.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.