Mecanismos fisiológicos envolvidos com a diminuição de K+ em raízes de cajueiro causada por NaCl

Francisco Abel Lemos Alves, Sérgio Luiz Ferreira da Silva, Joaquim Albenisío gomes da Silveira, Vanda Lúcia Arcanjo Pereira

Resumo


O objetivo desse estudo foi caracterizar os principais fatores que determinam a redução nas concentrações de K+ em raízes de cajueiro expostas à salinidade do NaCl. Plântulas e raízes destacadas da parte aérea foram expostas a diversas concentrações de NaCl e a diferentes tempos de exposição. Os experimentos foram conduzidos em hidroponia, utilizando-se o clone CCP 06, sob condições controladas de câmara de crescimento com temperaturas de 27 ºC/24 ºC, dia/noite, umidade relativa do ar 70% ± 10, densidade de radiação fotossinteticamente ativa de 250 µmol m-2 s-1 e fotoperíodo de 12 h. Os níveis crescentes de NaCl (0; 100; 200; 300 e 400 mM), durante 48 h de exposição, causaram reduções significativas nas concentrações de K+ nas raízes de plântulas. A salinidade causou danos na membrana das raízes, proporcionando vazamento de eletrólitos para o meio externo. O NaCl externo causou pequeno aumento nas concentrações de K+ em caules e folhas e diminuiu a absorção e o influxo de potássio. Os resultados evidenciam que as reduções nas concentrações de K+ provocadas pelo excesso de NaCl são causadas, principalmente, pelo aumento no efluxo de K+ devido aos danos de membranas e diminuição no influxo.


Palavras-chave


Anacardium occidentale; Efeitos do sódio; Plantas-efeitos do potássio; Relação K+/Na+; Solos-salinidade.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.