Determinação da ET de referência pela razão de Bowen com psicrômetros instalados a diferentes alturas

Gilberto Barbosa Cardoso, Thales Vinícius de Araújo Viana, Benito Moreira de Azevedo, Valdemício Ferreira de Sousa, Francisco de Souza

Resumo


Visando contribuir para um adequado uso dos recursos hídricos, o presente trabalho teve por objetivo comparar estimativas diárias da evapotranspiração de referência (ETo) obtidas pela razão de Bowen, sob diferentes alturas dos psicrômetros, com as obtidas pelo método FAO-56 Penman-Monteith. O experimento foi conduzido em Fortaleza, CE, na área instrumental da estação meteorológica da UFC, coberta com grama americana (Bouteloua americana (L) Scribin). A área foi irrigada através de mangueiras gotejadoras e a quantidade de água a ser reposta foi estimada a partir da curva característica do solo. O acompanhamento das condições hídricas do solo foi realizado através de tensiômetros. Coletaram-se os valores das variáveis meteorológicas através de uma estação meteorológica automatizada e de um sistema razão de Bowen (SRB), montando com psicrômetros confeccionados com termopares de cobre-constantan. Visando se analisar os possíveis efeitos de diferentes alturas/distâncias dos psicrômetros instalados alterou-se a posição dos braços do SRB, em quatro diferentes períodos de coleta de dados. As estimativas da ETo foram calculadas em planilhas Excel e a análise do desempenho dos métodos foi realizada através dos coeficientes de correlação, do índice de Wilmott e do índice “c” . Concluiu-se com os trabalhos experimentais que: as posições dos braços do sistema razão de Bowen apresentam grande influência sobre o desempenho da metodologia nas estimativas da evapotranspiração de referência.


Palavras-chave


water use, energy balance, automated systems.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.