Carcass and meet characteristics of very young Angus x Nelore steers in the Agreste Potiguar region

Debora Andréa Evangelista Façanha, Jacinara Hody Gurgel Morais Leite, Rita de Cássia Ramos Egypto Queiroga, Roberto Germano Costa, Déborah dos Santos Garruti, Tâmara Lúcia dos Santos Silva

Resumo


Objetivou-se avaliar as características quantitativas e qualitativas de carcaça e da carne de novilhos superprecoces ½ Red Angus x Nelore (NEL) e ¾ Red Angus x Nelore (RED). Foram utilizados 50 machos, sendo 25 de cada grupo genético, alimentados em confinamento desde o desmame (7 meses) até atingirem idade para abate (15 meses). Foi verificado diferença entre os grupos genéticos para os ganhos na desmama (158,57 kg NEL e 181,60 kg RED) e o peso ao abate não apresentou diferenças estatísticas (412,33 kg NEL e 426,53 kg RED). O rendimento de carcaça fria e quente não foi influenciado pelo grupo genético, com os bovinos NEL apresentando rendimento de 50,49 e 52,55% e os RED 50,91 e 52,89%, respectivamente. As porcentagens de músculo (55% NEL e 53% RED), gordura (26% NEL e 27% RED), osso (18% NEL e 18% RED), e espessura de gordura subcutânea (4,1 mm NEL e 4,0 mm RED) foram similares em ambos os grupos genéticos. Animais ¾ Angus x ½ Nelore apresentaram maior perda por descongelamento (9,05%). Não houve diferença para as características sensoriais como impressão global, maciez, suculência e força de cisalhamento nos genótipos avaliados. Os grupos genéticos apresentaram similaridade das características tanto da carne quanto da carcaça.


Palavras-chave


Composição da carcaça; Confinamento; Espessura de gordura; Maciez

Texto completo:

PDF

Referências


ANUALPEC. Anuário da pecuária brasileira. Rio Grande do Sul: GAZETA. 2010. 28 p.

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS INTERNATIONAL. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemists. 19. ed. Gaithersburg: AOCA, 2012. v. 1.

BIANCHINI, W. et al. Efeito do grupo genético sobre as características de carcaça e maciez da carne fresca e maturada de bovinos superprecoces. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 36, n. 6, p. 2109-2117, 2007.

BICKERSTAFFE, R., LE COUTEUR, C. E.; MORTON, J. D. Consistency of tenderness in New Zealand retail meat. In: International Congress of Meat Science Technology, v. 43, p. 196-197. 1997.

BORGES, A. S. et al. Medições instrumentais e sensoriais de dureza e suculência na carne caprina. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 26, n. 4, p. 891-896, 2006.

FOLCH, J. et al. A simple method for the isolation and purification of total lipids from animal tissue. Journal of Biological Chemistry, v. 226, n. 1, p. 497-509, 1957.

HANKINS, O. G.; HOWE, P. E. Estimation of the composition of beef carcass and cuts. Whashignton, D. C.: United states Departament of Agriculture, 1946. 20 p. (Technical Bulletion, 926).

JELENIKOVÁ, J. et al. The influence of ante-mortem treatment on relationship between pH and tenterness of beef. Meat Science, v. 80, n. 3, p. 870-874, 2008.

KUSS, F. et al. Composição física da carcaça e qualidade da carne de vacas de descarte de diferentes grupos genéticos terminados em confinamentocom distintos pesos. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 34, n. 4, p. 1285-1296, 2005.

LAWRIE, R. A Ciência da carne. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2005.

LEPETIT, R. A. Collagen contribuition to meat toughness: theoretical aspects. Meat Science, v. 80, n. 4, p. 960-967, 2008.

MAGGIONI, D. et al. Grupos genéticos e graus de acabamento sobre qualidade da carne de bovinos. Ciências Agrárias, v. 33, n. 1, p. 391-402, 2012.

MEILGAARD, M. R.; CIVILLE, G. V.; CARR, B. T. Sensory evaluation techniques. Boca raton: CRC Press, 1987. 159 p. v. 2.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL. Nutrient requirements of beef cattle. 7. ed. Washington, D.C.: National Academy Press, 1996. 242 p.

PEREIRA, P. M. R. C. et al. Características de carcaça e qualidade de carne de novilhos superprecoces de três grupos genéticos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 44, n. 11, p. 1520-1527, 2009.

PERYAM, D. R.; PILGRIM, F. J. Hedonic scale method of measuring food

preferences. Food Tecnhology, v. 11, n. 9, p. 9-14, 1957.

PRADO, I. N. et al. Carcass characteristics and chemical composition of the Longissimus muscle of Purunã and ½ Purunã vs. ½ Canchim bulls. Asian Australasian. Journal of Animal Science. v. 21, n. 9, p. 1296-1302, 2008a.

PRADO, I. N. et al. Carcass characteristics and chemical composition of the Longissimus muscle of crossbred bulls (Bos taurus indicus vs Bos taurus taurus) finished in feedlot. Journal of Animal Feed Science, v. 17, p. 295-306, 2008b.

PRADO, I. N. et al. Chemical and Fatty acid composition of Longissimus muscle of crossbred bulls finished in feedlot. Asian Australasian Journal of Animal Science, Seoul, v. 22, n. 7, p. 1054-1059, 2009a.

PRADO, J. M. et al. The effect of breed on chemical composition and fatty acid composition on Longissimus dorsi muscle of Brazilian beef cattle. Journal of Animal Feed and Science, v. 18, p. 231-240, 2009b.

ROCHA JÚNIOR, V. R. et al. Desempenho e características de carcaça de bovinos Nelore e mestiços terminados em confinamento. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 11, n. 3, p. 865-875, 2010.

ROTTA, P. P. et al. The effects of genetic groups, nutrition, finishing ystems and gender of Brazilian cattle on carcass characteristics and beef composition and appearance: a review. Asian-Australasian Journal Animal Science, v. 22, n. 12, p. 1718-1734, 2009.

RUBIANO, G. A. G. et al. Desempenho, características de carcaça e qualidade da carne de bovinos superprecoces das raças Canchim, Nelore e seus mestiços. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 38, n. 12, p. 2490-2498. 2009.

STATISTICAL ANALYSIS SYSTEM. User’s guide: statistics, version 6, 12. 4. ed. Cary, 1998. 842 p.

SOUZA, A. R. D. L. et al. Dieta com alto teor de gordura e desempenho de tourinhos de grupos genéticos diferentes em confinamento. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 44, n. 7, p. 746-753, 2009.

SOUZA, E. J. O. et al. Taxa de deposição de tecidos corporais de novilhos Nelore e suas cruzas com Angus e Simental. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 13, n. 2, p. 344-459, 2012.

VAZ, F. N. et al. Características de carcaça e da carne de novilhos e novilhos superjovens, terminados com suplementação em pastagem cultivada. Ciência Animal Brasileira, v. 11, n. 1, p. 42-52, 2010.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.