Germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul var. ferrea em casa de vegetação e germinador

Sebastião Medeiros Filho, Maria Arlene Pessoa da Silva, Maria Elizabete Carvalho dos Santos Filha

Resumo


Visando a promover a germinação de sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul var. ferrea, foram testados diferentes métodos para superação de sua dormência. O experimento foi conduzido em dois ambientes: casa de vegetação e germinador. As sementes foram submetidas aos seguintes tratamentos: imersão em água quente (80ºC) até o total resfriamento; imersão em ácido sulfúrico (15 minutos); imersão em água à temperatura ambiente, por 48 horas; imersão em nitrato de potássio, por 24 horas; escarificação mecânica com lixa e sem pré-tratamento (testemunha). As variáveis analisadas foram: percentagem; índice de velocidade e tempo médio de germinação e pesos fresco e seco da parte aérea das plântulas. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 6. As médias foram comparadas através do teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os tratamentos mais eficazes na superação da dormência e na produção de plântulas mais vigorosas foram escarificação mecânica e imersão em ácido sulfúrico, nos dois ambientes.


Palavras-chave


propagation, dormancy, native specie.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.