Severidade de antracnose em folhas de sorgo submetido a doses crescentes de silício

Gil Rodrigues Santos, Artenisa Cequeira Rodrigues, Aurenivia Bonifacio, Aloísio Freitas Chagas Junior, Paulo Henrique Tschoeke

Resumo


A antracnose foliar é causada pelo fungo Colletotrichum sublineolum Hann. Kabát et Bub. (sin. C. graminicola (Ces.) G.W. Wils.) em plantas de sorgo podendo reduzir a produtividade de grãos e forragem, e o manejo adequado da nutrição mineral desta planta pode se apresentar como um mecanismo de controle sobre a antracnose. Dentre os minerais utilizados para o manejo de doenças, o silício destaca-se por reduzir a severidade das doenças em várias culturas. Diante do exposto, este trabalho teve por objetivo avaliar a severidade da antracnose em diferentes genótipos de sorgo suplementados com doses crescentes de silício. Para tal, realizaram-se experimentos em condições de casa de vegetação e de campo onde os genótipos de sorgo DOW 1F305 e A9735R foram suplementados com doses crescentes de silício (0; 500; 1.000; 1.500; 2.000; e 4.000 kg ha-1) e avaliados quanto à severidade da antracnose. Avaliou-se a severidade da doença por meio de uma escala de notas e, em seguida, amostras foram coletadas para determinação da concentração de silício nas folhas. Após a análise dos resultados, concluiu-se que houve redução na severidade da antracnose em resposta a adubação com silício para ambos os genótipos avaliados. Apesar do genótipo de sorgo DOW 1F305 acumular menores teores de silício em suas folhas, este genótipo foi mais resistente ao ataque da antracnose foliar.

Palavras-chave


Colletotrichum sublineolum; Sorghum bicolor; Silicato de cálcio e magnésio

Texto completo:

PDF

Referências


BÉLANGER, R. R.; BENHAMOU, N.; MENZIES, J. G. Cytological evidence of an active role of silicon in wheat resistance to powdery mildew (Blumeria graminis f. sp. tritici). Phytopathology, v. 93, n. 4, p. 402-412, 2003.

CAI, K. et al. Physiological and cytological mechanisms of silicon-induced resistance in rice against blast disease. Physiologia Plantarum, v. 134, p. 324-333, 2008.

COSTA, R. V. et al. Controle genético da resistência do sorgo à antracnose foliar (Colletotrichum sublineolum). Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2008. (Comunicado técnico 162).

CURRIE, H. A.; PERRY, C. C. Silica in plants: biological. biochemical and chemical studies. Annals of Botany, v. 100, n. 7, p. 1383-1389, 2007.

EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2ª ed. Rio de Janeiro, 2006.

EPSTEIN, E. Silicon. Annual Review of Plant Physiology and Plant Molecular Biology, v. 50, p. 641-664, 1999.

FERREIRA, D. F. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium, v. 06, p. 36-41, 2008.

GOUSSAIN, M. M. et al. Efeito da aplicação de silício em plantas de milho no desenvolvimento biológico da Lagarta-do-Cartucho Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). Neotropical Entomology, v. 31, n. 2, p. 305-310, 2002.

GROTHGE-LIMA, M. T. Interrelação cancro da haste (Diaporthe phaseolorum f. sp. meridionalis), nodulação (Bradyrhizobium japonicum) e silício em soja [Glycine max (L.) Merrill]. 1998. 58 f. Tese (Doutorado em Ciências). Centro de Energia Nuclear na Agricultura - Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998.

HECKMAN, J. R.; JOHNSTON, S.; COWGILL, W. Pumpkin yield and disease response to amending soil with silicon. HortScience, v. 38, p. 552-554, 2003.

JULIATTI, F. C.; et al.. Influência do silício na redução de podridão de sementes por Fusarium semitectum na cultura da soja. Bioscience Journal, v. 20, n. 2, p. 57-63, 2004.

KIM, S. G. et al. Silicon-induced cell wall fortification of rice leaves: a possible cellular mechanism of enhanced host resistance to blast. Phytopathology, v. 92, p. 1095-1103, 2002.

KORNDORFER, G. H.; PEREIRA, H. S.; CAMARGO, M. S. Análise de silício: solo, planta e fertilizante. Uberlândia, GPSi-UFU, Boletim Técnico 2, 2004. 50 p.

KORNDÖRFER, G. H. Uso do Silício na agricultura. Informações agronômicas 117, 2007.

MA, J. F.; YAMAJI, N. Functions and transport of silicon in plants. Cellular and Molecular Life Sciences, v. 65, p. 3049-3057, 2008.

MA, J. F.; MIYAKE, Y.; TAKAHASHI, E. Silicon as a beneficial element for crop plants. In: DATNOFF, L. E.; SNYDER, G. H.; KORNDÖRFER, G. H., Eds., Silicon in agriculture, Studies in Plant Science 8, Amsterdam, Elsevier, 2001. p. 17-39.

MAUAD, M. et al. Teores de silício no solo e na planta de arroz de terras altas com diferentes doses de adubação silicatada e nitrogenada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 27, n. 5, p. 867-873, 2003.

MORAES, S. R. G. et al. Efeito de fontes de silício na incidência e na severidade da antracnose do feijoeiro. Fitopatologia Brasileira, v. 31, n. 1, p. 69-75, 2006.

NGUGI, H. K. et al. Epidemiology of sorghum anthracnose (Colletotrichum sublineolum) and leaf blight (Exserohilum turcicum) in Kenya. Plant Pathology, v. 49, p. 129-140, 2000.

NOJOSA, G. B. A. Efeito dos indutores na resistência de Coffea arabica L. à Hemileia vastatrix Berk & Br. e Phoma costarricensis Echandi. 2003. 102 f. Tese (Doutorado em Fitopatologia). Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.

POZZA, A. A. A. et al. Efeito do silício no controle da cercosporiose em três variedades de cafeeiro. Fitopatologia Brasileira, v. 29, n. 2, p. 185-188, 2004.

PULZ, A. L. et al. Influência de silicato e calcário na nutrição, produtividade e qualidade da batata sob deficiência hídrica. Revista Brasileira de Ciência Solo, v. 32, p. 1651-1659, 2008.

RODRIGUES, F. A. et al. Silicon enhances the accumulation of diterpenoid phytoalexins in rice: a potential mechanism for blast resistance. Phytopathology, v. 94, p. 177-183, 2004.

SANTOS, G. R. et al. Progresso do crestamento gomoso e perdas na cultura da melancia. Horticultura Brasileira, v. 23, n. 2, p. 228-232, 2005.

SANTOS, G. R. et al. Fontes e doses de silício da severidade do crestamento gomoso e produtividade da melancia. Bioscience Journal, v. 26, n. 2, p. 266-272, 2010.

SANTOS, G. R. et al. Effect of silicon sources on rice diseases and yield in the State of Tocantins, Brazil. Acta Scientiarum Agronomy, v. 33, n. 3, p. 451-456, 2011.

SUKNO, S. A. et al. Root infection and systemic colonization of maize by Colletotrichum graminicola. Applied and Environmental Microbiology, v. 74, p. 823-832, 2008.

TANAKA, M. A. S.; FREITAS, J. G.; MEDINA, P. F. Incidência de doenças fúngicas e sanidade de sementes de trigo sob diferentes doses de nitrogênio e aplicação de fungicida. Summa Phytopathologica, v. 34, n. 4, p. 313-317, 2008.

WANG, Y.; STASS, A.; HORS, T. W. Apoplastic binding of aluminum is involved in silicon-induced amelioration of aluminum toxicity in maize. Plant Physiology, v. 136, n. 3, p. 3762-3770, 2004.

ZANETTE, G. F.; NÓBREGA, G. M. A.; MEIRELLES, L. D. P. Morphogenetic characterization of Colletotrichum sublineolum strains, causal agent of anthracnose of sorghum. Tropical Plant Pathology, v. 34, n. 3, p. 146-151, 2009.




Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.