Tipos de flores e frutificação de cajueiro anão precoce irrigado

Lidiana Lira Vieira, Vitor Hugo de Oliveira, Fanuel Pereira da Silva, Francisco José Alves Fernandes Távora, João Bosco Pitombeira

Resumo


As proporções entre flores completas/flores estaminadas e maturis/flores completas em cajueiro (Anacardium occidentale L.) são muito importantes porque determinam a formação de frutos e a produção da cultura. Este estudo foi conduzido com o objetivo de estudar a influência da localização da inflorescência na produção de diferentes tipos de flores e na frutificação, em dois clones de cajueiro anão precoce (CCP 09 e EMBRAPA 51), sob regime de irrigação. O estudo foi conduzido no Campo Experimental do Curu, da Embrapa Agroindústria Tropical, localizado em Paraipaba-CE, Brasil, em 2003 e 2004. Três plantas de cada clone foram amostradas. Em cada planta, dezesseis panículas foram usadas para determinar o número de flores estaminadas, completas e anômalas, seguindo as orientações norte, sul, leste e oeste, sendo quatro panículas em cada direção. Após a abertura das flores, os dados foram computados, de cada inflorescência, no horário de 9 às 11 horas da manhã. Os clones estudados não diferiram quanto ao número de frutos retidos na maturação. O número de maturis foi influenciado pela localização da panícula apenas no clone CCP 09. Por sua vez, o número e os tipos de flores e o número de frutos maduros não foram influenciados pela localização da panícula na planta. De igual modo, a duração média da panícula não foi influenciada pela sua posição na planta. As relações flor completa/flor estaminada e maturis/flores completas foram dependentes dos genótipos.


Palavras-chave


Anacardium occidentale L., flower biology, cashew.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.