Redução populacional de trigo no rendimento e na qualidade fisiológica das sementes

Ana Paula Piccinin Barbieri, Thomas Newton Martin, Liliane Marcia Mertz, Ubirajara Russi Nunes, Gerusa Massuquini Conceição

Resumo


Na produção de sementes de trigo diversos fatores (bióticos e abióticos) podem alterar o rendimento e a qualidade de sementes, dentre esses cita-se o estabelecimento adequado das plantas no campo. Dessa forma, objetivou-se com esse trabalho verificar o efeito da redução da população de trigo de forma aleatória no rendimento e na qualidade fisiológica das sementes produzidas. O estudo foi realizado nas cultivares Horizonte, Marfim, Mirante e Quartzo. Anteriormente à fase do afilhamento, procedeu-se a retirada de plantas de maneira aleatória nas intensidades de 0; 20; 40 e 60% em relação à população original (350 plantas por metro quadrado). Após a colheita, avaliou-se o rendimento e a qualidade das sementes produzidas, por meio dos testes de germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica massal e massa de mil sementes. Verificou-se que as cultivares apresentam desempenho diferente quando submetidas a reduções aleatórias de plantas demonstrando capacidades distintas em compensar eventuais falhas na semeadura. A resposta para rendimento de trigo em função da redução aleatória na população de plantas varia conforme o genótipo utilizado. Quanto à qualidade das sementes produzidas, reduções aleatória de plantas de trigo afetam negativamente a qualidade fisiológica das sementes.


Palavras-chave


Triticum aestivum L.; Sementes-rendimento; Germinação

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.