Produção e eficiência do uso da água na cultura do pimentão nos sistemas de plantio direto e convencional

Maria Eliani Holanda Coelho, Francisco Cláudio Lopes de Freitas, Jorge Luiz Xavier Lins Cunha, José Francismar de Medeiros, Márcio Gledson Oliveira da Silva

Resumo


Objetivou-se avaliar o efeito dos sistemas de plantio direto e convencional e as estratégias de manejo de plantas daninhas na eficiência do uso da água pela cultura do pimentão. O experimento foi conduzido na Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró-RN, utilizando o esquema de parcelas subdivididas, no delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições. Os sistemas de plantio foram avaliados nas parcelas, e nas subparcelas três estratégias de manejo de plantas daninhas (cobertura do solo com filme de polietileno, capinado e sem capinas). Avaliou-se a densidade e massa seca das plantas daninhas, a produtividade comercial, total e o consumo diário de água. Verificou-se que o sistema de plantio direto reduziu a densidade e a massa seca das plantas daninhas em relação ao plantio convencional e a interferência destas reduziu a produtividade comercial em ambos os sistemas de cultivo. O tratamento com capinas nos sistema de plantio direto, apesar do maior consumo de água, apresentou produtividade e eficiência no uso da água superior aos tratamentos com filme de polietileno nos sistemas de plantio direto e convencional e o capinado no plantio convencional.


Palavras-chave


Pimentão; Planta e água; Cobertura morta; Planta daninha - controle

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.