Compostos bioativos e atividade antioxidante durante a maturação de frutos de araçazeiros

Ana Lima Dantas, Silvanda de Melo Silva, Maria Auxiliadora Coêlho de Lima, Renato Lima Dantas, Rejane Maria Nunes Mendonça

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar compostos bioativos e atividade antioxidante de frutos de genótipos de araçazeiros durante a maturação e identificar as características que influenciaram a variabilidade genética. Os frutos foram colhidos a partir de 15 genótipos de ocorrência espontânea no município de Areia-PB, nos seguintes estádios de maturação: Totalmente Verde, Início de Pigmentação Amarela, Pigmentação Amarela Predominante e Totalmente Amarela. Durante a maturação, o conteúdo de ácido ascórbico aumentou paralelo à redução da clorofila total e flavonoides amarelos. A atividade antioxidante aumentou com o avanço da maturação, sendo a dos genótipos P1, P4, P6, P7, P14 e P15 superior aos demais. A análise de componentes principais mostrou que, durante a maturação, a variabilidade entre frutos de genótipos de araçazeiros foi relacionada aos conteúdos de ácido ascórbico e carotenoides.

Palavras-chave


Araçá; Qualidade; Agregação de Valor; Recursos Genéticos

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.