Competitividade do Ceará no mercado internacional de frutas: o caso do melão

Sciena Servia Viana, Lucia Maria Ramos Silva, Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima, Lucas Antônio de Sousa Leite

Resumo


Este estudo teve por objetivo analisar a competitividade das exportações do melão cearense, no período de 1998 a 2003. Para tanto, utilizaram-se indicadores de desempenho das exportações: Vantagem Comparativa Revelada (VCR), Taxa de Cobertura (TC) e o modelo Constant Market Share (CMS). O melão, principal fruta exportada pelo Estado, apresentou substancial incremento na pauta de exportação, inclusive, com a inserção de novos mercados. Este fato é explicado, basicamente, pelo efeito competitividade. Os ganhos de competitividade foram influenciados por condições internas favoráveis como os incentivos governamentais para o desenvolvimento da agricultura irrigada em especial a fruticultura.


Palavras-chave


exportation, agribusiness, Ceará State.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.