Rendimento da pimenteira em função de doses de nitrogênio1

Sérgio Weine Paulino Chaves, Benito Moreira de Azevedo, Boanerges Freire de Aquino, Thales Vinicius de Araújo Viana, Neuzo Batista de Morais

Resumo


Com o objetivo de avaliar o efeito de doses crescentes de nitrogênio no rendimento da cultura da pimenta cv. Tabasco McIlhenny, foi desenvolvido um experimento na Fazenda Experimental Vale do Curu, pertencente à Universidade Federal do Ceará – UFC, localizada no município de Pentecoste-CE, durante o período de setembro de 2003 a janeiro de 2004. O delineamento experimental foi de blocos completos casualizados, com três repetições. As parcelas foram constituídas por doses crescentes de nitrogênio (0; 75; 150; 225; 300; 375 e 450 kg.ha-1). As características avaliadas foram: peso da matéria fresca da parte aérea, número de frutos por planta, peso médio de frutos e produtividade. As doses crescentes de N proporcionaram, em média, aumento em todas características avaliadas, exceto no peso médio de frutos. A dose de nitrogênio de 450 kg ha-1 proporcionou maior produtividade (16,5 t. ha-1).


Palavras-chave


Capsicum frutescens L., nitrogen fertilizacion, Tabasco.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.