Testes de deterioração controlada e envelhecimento acelerado para avaliação do vigor em nabo forrageiro

Camila Santos Barros de Morais, Claudia Antonia Vieira Rossetto

Resumo


O objetivo do trabalho foi verificar a eficiência de diferentes procedimentos para condução dos testes de envelhecimento acelerado e deterioração controlada visando avaliação da qualidade fisiológica de sementes de nabo forrageiro (Raphanus Sativus L. var oleiferus). Quatro lotes de sementes de nabo forrageiro da cultivar CATI AL 1000 foram caracterizados inicialmente pelos testes de germinação, primeira contagem, comprimento e massa de plântulas, condutividade elétrica, emergência em areia e campo e índice de velocidade de emergência em areia e campo. Em seguida, foram submetidos aos testes envelhecimento acelerado com ou sem solução saturada de NaCl sob temperatura de 42 e 45 ºC durante 36 e 48 horas, e aos testes de deterioração controlada com sementes pré-umedecidas a 15; 20 e 25% sob temperatura de 42 e 45 ºC durante 36 e 48 horas. O teste de envelhecimento acelerado (com solução de NaCl sob temperatura de 45 ºC durante 36 horas) e o de deterioração controlada (com sementes pré-umedecidas a 20% sob temperatura de 45 ºC) durante 36 horas, assim como o de emergência de plântulas em campo, foram eficientes na classificação dos lotes de sementes de nabo forrageiro em quatro distintos níveis de vigor.

Palavras-chave


Nabo; Sementes-fisiologia; Sementes-qualidade

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.