Análise dialélica como ferramenta na seleção de genitores em feijão

Fabiani da Rocha, Jussara Cristina Stinghen, Murielli Sabrina Gemeli, Jefferson Luís Mirelles Coimbra, Altamir Frederico Guidolin

Resumo


O sucesso de um programa de melhoramento de plantas autógamas depende da escolha de genitores capazes de produzir progênies com as características desejadas. Sendo assim, este estudo teve como objetivo determinar os valores das capacidades geral e específica de combinação de quatro genótipos de feijão para os caracteres estatura de planta (EP) em centímetros, altura de inserção do primeiro legume (IPL) em centímetros, diâmetro do colo (DC) em milímetros, número de legumes por planta (NLP) e número de grãos por legume (NGL), a fim de avaliar o potencial destes como genitores para uso em programas de melhoramento. Quatro genitores de feijão (BAF07, BAF09 e IPR Uirapuru do grupo comercial preto e BAF50 do grupo comercial carioca) foram hibridados em um dialelo completo para a obtenção dos híbridos F1 e recíprocos. O desempenho dos genitores, híbridos F1 e recíprocos foi avaliado a campo em um experimento em blocos casualizados, com duas repetições, durante a safra agrícola de 2009/10. Para análise dialélica foi utilizada a metodologia proposta por Griffing (1956), método I, onde são incluídas n2 combinações. O genótipo BAF07 pode ser empregado em blocos de cruzamentos quando o escopo do programa for aumentar os valores para EP, IPL, DC e NGL; foi possível observar ainda, através da magnitude dos componentes quadráticos a maior importância da capacidade geral de combinação, ou seja, dos efeitos aditivos no controle genético de características de importância agronômica em feijão.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris L.; Capacidade de combinação; Melhoramento genético

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.