Nutrientes do solo influenciados por diferentes manejos da palha após a colheita do arroz irrigado

Paulo Fabrício Sachet Massoni, Enio Marchesan, Mara Grohs, Leandro Souza da Silva, Rodrigo Roso

Resumo


Após a colheita do arroz irrigado, a palha produzida pode ser manejada de diferentes formas, o que deve afetar a disponibilidade dos nutrientes do solo. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito dos diferentes manejos do solo e da palha após a colheita do arroz sobre os teores de nitrogênio mineral, e de fósforo e potássio disponíveis do solo. Os tratamentos foram dispostos em blocos casualizados com avaliações em parcelas subdivididas no tempo, com os tratamentos correspondentes a sete diferentes manejos do solo: [1] lâmina de água permanente sem incorporação da palha, [2] incorporação da palha com preparo do solo seco logo após a colheita, [3] incorporação da palha com preparo do solo alagado após a colheita, [4] incorporação da palha com o solo seco somente em julho, [5] incorporação da palha com solo alagado logo após a colheita e gradagem da área em julho com solo seco, [6] incorporação da palha com solo seco logo após a colheita e gradagem da área em julho com solo seco, [7] sem incorporação e sem lâmina de água. Foram avaliados em cinco diferentes datas de coleta de solo, com quatro repetições. A manutenção da palha na superfície do solo provoca a maior variação nos teores de nitrogênio mineral durante o período avaliado; porém, independente do manejo pós-colheita utilizado para a palha de arroz irrigado, não há aumento nos teores de nitrogênio mineral e de fósforo e potássio disponível no solo ao final do período de entressafra.

Palavras-chave


Oryza sativa; Taxa de decomposição; Preparo do solo

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.