Calagem e silicatagem superficiais e a disponibilidade de cátions hidrossolúveis em culturas anuais e braquiária

Gustavo Spadotti Amaral Castro, Carlos Alexandre Costa Crusciol, Marcella Leite de Campos Menegale

Resumo


A eficiência da aplicação superficial de corretivos pode ser melhorada por meio de compostos orgânicos, quantificados através dos cátions hidrossolúveis, liberados por resíduos vegetais. Porém, não se sabe se os teores desses compostos podem ser modificados pela aplicação de calcário e silicato. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da aplicação superficial de calcário e silicato no teor de cátions solúveis e condutividade elétrica do extrato da parte aérea das culturas de soja, milheto, aveia branca, braquiária, milho, feijão e guandu. O experimento foi conduzido entre 2006 e 2008 em um Latossolo Vermelho distroférrico em Botucatu-SP, em sistema de semeadura direta consolidado. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com dezesseis repetições. Os tratamentos foram 3,8 t ha-1 de calcário dolomítico, 4,1 t.ha-1 de silicato de cálcio e magnésio e uma testemunha, sem aplicação de corretivos no solo. Foram determinados os teores de cátions hidrossolúveis e a condutividade elétrica da parte aérea das culturas. Variações nos teores e na somatória de cátions hidrossolúveis não foram detectadas pela condutividade elétrica dos extratos vegetais da parte aérea das culturas. A aplicação dos corretivos elevou os teores de Ca2+ e Mg2+ solúveis nos extratos dos resíduos de soja, aveia e milheto; para o milho, houve elevação nos teores de Mg2+; além de aumento nos teores de Mn2+ nos resíduos do primeiro ano de braquiária, não havendo, entretanto, influência nos teores nas culturas de feijão, guandu e braquiária no segundo ano.

Palavras-chave


Calcário; Silicato de cálcio e magnésio; Resíduos vegetais; Acidez do solo; Sistema de semeadura direta

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.