Consumo alimentar e sua predição pelos sistemas NRC, CNCPS e BR-Corte, para tourinhos zebuínos confinados

Julimar do Sacramento Ribeiro, Marcio Machado Ladeira, Otavio Rodrigues Machado Neto, Fabricio Rodrigues Campos

Resumo


Objetivou-se avaliar a predição de consumo de matéria seca (CMS) pelos sistemas CNCPS 5.0, NRC e BR-CORTE, bem como o consumo de nutrientes por tourinhos zebuínos confinados. Foram utilizados 44 animais em delineamento experimental inteiramente casualizado, sendo: 19 Nelore PO, 7 Nelore LA, 10 Tabapuã PO e 8 Guzerá PO, com peso vivo inicial médio de 394 ± 39; 348 ± 33; 346 ± 28 e 340 ± 30 kg, respectivamente, e idade inicial média de 13 meses. O período experimental foi de 84 dias. O consumo alimentar individual foi obtido com o uso dos indicadores LIPE®, óxido crômico e fibra em detergente ácido indigestível (FDAi). Para comparação do CMS predito pelos sistemas com o observado utilizou-se análise de regressão linear. Os animais Nelore LA apresentaram os menores valores observados para CMS (kg d-1). Ao avaliar o CMS em porcentagem do peso vivo (%PV) e em gramas por quilo de peso vivo metabólico (g kg-1 PM), foi detectada diferença entre os grupos genéticos, sendo que os maiores valores ocorreram para os animais Tabapuã PO e Guzerá PO. Os sistemas NRC, CNCPS 5.0 e o BR-CORTE apresentaram subpredição do CMS. Conclui-se que os sistemas estudados não se mostraram adequados para predizer o consumo de matéria seca em tourinhos zebuínos confinados.

Palavras-chave


Alimentação dos animais; Guzerá (Zebu); Nelore (Zebu); Tabapuã (Zebu)

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.