Isolamento de Staphylococcus aureus do gelo, água, bancadas e vendedores de pescado da feira do Mucuripe, Fortaleza, Ceará

Waleska Ferreira de Albuquerque, Regine Helena Silva dos Fernandes Vieira, Gustavo Hitzschky dos Fernandes Vieira

Resumo


Os vendedores de alimentos representam um importante papel quanto à segurança alimentar, e, também, na transmissão de doenças, uma vez que é através deles que são introduzidos patógenos durante a produção, processamento, distribuição e preparação dos alimentos. A presente pesquisa teve como objetivo isolar e identificar cepas de S. aureus nas amostras de gelo e da água com cloreto de sódio, ambas utilizadas na conservação do camarão, bancadas de exposição, bem como nas mãos, cavidade nasal e oral dos vendedores de camarão de duas barracas (A e B) da Feira Livre de pescado do Mucuripe, Fortaleza, Ceará. Na barraca A S. aureus estava presente em 20% das amostras de gelo e na barraca B em 40% . Somente a barraca B apresentou contaminação da bactéria em seis amostras (60%) da água com cloreto de sódio usada na conservação dos camarões. Das 20 amostras das bancadas, 50% da barraca B e 10% da barraca A apresentaram contaminação com S. aureus. A bactéria foi identificada em 100% dos vendedores, independente do sítio estudado. Estes resultados sugerem que deveria haver mais informação para os manuseadores de pescado sobre higiene pessoal e sobretudo nos cuidados com o gelo usado na refrigeração dos pescados.


Palavras-chave


fish vendors, Staphylococcus aureus, show counters.

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.