Vida útil pós-colheita de goiaba cv. ‘Paluma’ submetida ao resfriamento rápido por ar forçado

Ana Maria de Abreu Siqueira, Sandra Maria Lopes dos Santos, Beatriz de Sousa e Lima, Marcos Rodrigues Amorim Afonso, José Maria Correia da Costa

Resumo


Os métodos de resfriamento rápido pós-colheita são tecnologias empregadas para preservação de frutas e hortaliças, a fim de aumentar a vida útil desses produtos. Neste trabalho, goiabas cv. ‘Paluma’ foram submetidas ao resfriamento rápido por ar forçado com o objetivo de avaliar as influências do método sobre a vida útil pós-colheita. Para a realização dos experimentos foi utilizado um delineamento composto central rotacional com a finalidade de avaliar as influências do tempo entre colheita e início do resfriamento rápido e a área de abertura das embalagens sobre a vida útil pós-colheita das frutas. Após o resfriamento rápido, as goiabas foram armazenadas em temperatura de 8 ± 3 °C e umidade relativa de 90 ± 3%. A área de abertura das embalagens influenciou significativamente (p < 0,05) o coeficiente convectivo de transferência de calor, de maneira que, um aumento na área resultou em um aumento do coeficiente. A vida útil pós-colheita não sofreu influência significativa (p > 0,05) da área de abertura das embalagens. O tempo entre a colheita e início do resfriamento rápido influenciou significativamente (p < 0,05) a vida útil pós-colheita das frutas. A diminuição do tempo entre a colheita e o início do resfriamento rápido aumentou a vida útil pós-colheita. O menor tempo de espera, após a colheita das goiabas, para início do resfriamento apresentou a maior vida útil, obtendo notas consideradas baixas na avaliação sensorial somente no 34º dia de armazenamento.

Palavras-chave


Goiaba; Frutas-resfriamento; Frutas-armazenamento

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.