Avaliação do teor de cafeína em folhas e grãos de acessos de café arábica

Alexsandro Lara Teixeira, Paulo Eduardo Rodrigues Prado, Kaio Olimpio das Graças Dias, Marcelo Ribeiro Malta, Flávia Maria Avelar Gonçalves

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo identificar, dentro do banco de germoplasma do estado de Minas Gerais, acessos de Coffea arabica L. com baixos teores de cafeína e verificar a existência de correlação entre o teor de cafeína dos grãos e de folhas ainda no estádio de mudas, viabilizando a prática da seleção precoce. Foram utilizados 75 acessos de café (cultivares, híbridos e alguns genótipos selvagens) oriundos do banco de germoplasma de café do Estado de Minas Gerais. Para estudo da correlação foram utilizados oito cultivares no delineamento de blocos casualizados com três repetições. Avaliaram-se os teores de cafeína presentes nos grãos e no terceiro e quarto par de folhas verdadeiras. Seis acessos apresentaram teores de cafeína nos grãos menores que 0,88%. Correlações significativas para teor de cafeína foram observadas entre o terceiro (0,69) e quarto par de folhas (0,92) e os grãos. Foram identificados acessos com teores reduzidos de cafeína e boa produtividade de grãos, podendo ser utilizados como genitores em programas de melhoramento. Verificou-se que é possível realizar a seleção precoce para teor de cafeína, em plantas de cafeeiro ainda no estádio de mudas, por meio da avaliação do quarto par de folhas.

Palavras-chave


Coffea arabica L; Melhoramento genético; Correlação fenotípica; Seleção precoce

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.