Disponibilidade hídrica de dois solos e diferentes idades de corte no comportamento agronômico da Jureminha

Manoel Alexandre Diniz Neto, Rossana Carla Montenegro de Vasconcelos, Lourival Ferreira Cavalcante, Edgard Cavalcanti Pimenta Filho, Ivandro de França da Silva

Resumo


O trabalho foi desenvolvido para avaliar os efeitos de dois solos submetidos a níveis de disponibilidade de água e idade de corte nos componentes de crescimento vegetativo e composição bromatológica em plantas de jureminha (Desmanthus virgatus L. Willd.). Os tratamentos foram distribuídos em arranjo fatorial 2 x 4 em delineamento de blocos casualizados com doze repetições, com os fatores: dois solos, sendo um da região úmida do município de Alagoinha e outro da região semiárida do município de São João do Cariri, ambos no Estado da Paraíba; quatro níveis de disponibilidade de água (40; 60; 80 e 100% de água disponível) e quatro idades de corte (60; 90; 120 e 150 dias após a emergência das plântulas) conduzidos em casa-de-vegetação do CCA/UFPB, Areia-PB. O aumento da água disponível no solo estimula o crescimento das plantas, mas inibe a produção de proteína bruta da jureminha. As plantas cresceram mais e produziram menos proteína bruta no solo de São João do Cariri em relação ao solo de Alagoinha.

Palavras-chave


Desmanthus virgatus L.; Plantas; Água

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.