Substituição do farelo de soja por levedura de cana-de-açúcar em rações para frangos de corte

Ednardo Rodrigues Freitas, Raffaella Castro Lima, Roberto Batista da Silva, Francislene Silveira Sucupira, Roseane Madeira Bezerra

Resumo


Esta pesquisa objetivou avaliar os efeitos da substituição da proteína do farelo de soja (FS) pela da levedura de cana-de-açúcar (LEV) em rações de frangos contendo farelo da castanha de caju (FCC). O total de 325 pintos machos com um dia de idade foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com cinco rações e cinco repetições de treze aves. Foram testadas cinco rações contendo 20% de FCC e os níveis de 0; 5; 10; 15 e 20% de substituição da proteína do FS pela da LEV. Conforme análise de regressão, houve efeito quadrático da substituição da proteína do FS pela da LE V sobre o consumo de ração e conversão alimentar e linear sobre o ganho de peso, na fase inicial (1 a 21 dias). Contudo, a substituição em níveis de até 20% não prejudicou significativamente o desempenho nas diferentes fases de criação e não alterou as características de carcaça em relação ao controle. Pelo estudo econômico, a substituição da proteína do FS pela da LEV se mostrou viável até o nível de 20%. Pode-se concluir que, em rações para frangos de corte, contendo 20% de FCC, a proteína do FS pode ser substituída pela da LEV em até 20%.

Palavras-chave


Alimentação de frangos de corte; Alimento alternativo; Levedura; Subproduto da agroindústria

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.