Desempenho de cultivares de girassol sob diferentes lâminas de irrigação no Vale do Curu, CE

Alexandre Reuber Almeida da Silva, Francisco Marcus Lima Bezerra, Carmem Cristina Mareco de Sousa, João Valdenor Pereira Filho, Cley Anderson Silva de Freitas

Resumo


Com o objetivo de avaliar a influência de seis lâminas de irrigação no desempenho produtivo de duas cultivares de girassol (Catissol 01 e Embrapa 122 V-2000), realizou-se um ensaio na Fazenda Experimental Vale do Curu, no Município de Pentecoste, CE. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos ao acaso, no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, avaliou-se o efeito de seis lâminas de irrigação baseadas em percentuais da evaporação do tanque classe A (ECA), que corresponderam à multiplicação da ECA pelos fatores 0,25; 0,50; 0,75; 1,00; 1,25 e 1,50 e nas subparcelas, avaliou-se o efeito das duas cultivares. O diâmetro dos capítulos, a massa de 1.000 aquênios, o potencial de produção de aquênios, o teor de óleo dos aquênios e o potencial de produção de óleo foram influenciados significativamente pelas diferentes lâminas de irrigação, sendo que os maiores valores foram obtidos para a cultivar Catissol 01, exceto para o teor de óleo dos aquênios, onde se constatou maiores valores para a cultivar Embrapa 122 V-2000. Houve diferenças significativas entre as cultivares nas variáveis diâmetro de capítulos e potencial de produção de aquênios. A lâmina de irrigação de 533,70 mm (150% da ECA) proporcionou os maiores potenciais de produção de aquênios 4.222,76 e 3.948,02 kg ha-1, e de óleo 1.851,55 e 1.760,63 kg ha-1 para as cultivares Catissol 01 e Embrapa 122 V-2000, respectivamente.


Palavras-chave


Helianthus annus; Déficit hídrico; Características agronômicas; Genótipos

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.