Evapotranspiração e coeficientes de cultivo do coqueiro anão-verde na região litorânea do Ceará

Fábio Rodrigues de Miranda, Antônia Renata Monteiro Gomes, Cláudio Henrique Chaves de Oliveira, Afrânio Arley Telles Montenegro, Francisco Marcus Lima Bezerra

Resumo


As informações sobre a evapotranspiração e os valores de coeficientes de cultivo do coqueiro anão que possam subsidiar o seu manejo da irrigação são escassas. O presente estudo foi conduzido com o objetivo de estimar a evapotranspiração e os coeficientes de cultivo nas fases de crescimento vegetativo e de produção, do coqueiro anão na região litorânea do Estado do Ceará. Foram utilizadas plantas de coqueiro anão-verde cv. Jiqui, plantadas no espaçamento de 7,5 m x 7,5 m, em triângulo e irrigadas por microaspersão. A evapotranspiração da cultura (ETc) foi determinada utilizando-se o método do balanço hídrico do solo, no período de 11 até 41 meses após o plantio, enquanto que a evapotranspiração de referência (ETo) foi estimada pelo método FAO Penman-Monteith. Nas condições do estudo, a evapotranspiração do coqueiro anão-verde variou de um valor mínimo de 0,52 mm.d-1 aos 11 meses de idade, até um valor máximo de 5,01 mm.d-1 aos 36 meses de idade. A fase de crescimento vegetativo estendeu-se até 680 dias após o plantio (23th meses de idade), ao longo da qual os valores de Kc observados aumentaram de 0,63 até 1,00. Durante a fase de florescimento e desenvolvimento dos frutos o Kc médio observado foi de 1,02.


Palavras-chave


Cocus nucifera L., soil water balance, irrigation

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.