Otimização do uso dos descritores morfo-agronômicos de mandioca em análise multivariada

Jhonata Maia Vendramini, Leonarda Grillo Neves, Marco Antonio Aparecido Barelli, Julio César Ferreira Elias, Petterson Baptista da Luz

Resumo


O presente trabalho tem por finalidade avaliar e caracterizar os acessos de mandioca que estão introduzidos na coleção de germoplasma da UNEMAT presentes no campo experimental da EMPAER do município de Cáceres, e verificar a utilização do uso dos descritores morfo-agronômicos quanto à sua eficiência, com emprego de variáveis multicategóricas, através de análise multivariada. Em cada acesso foram analisados e avaliados 40 descritores morfológicos e agronômicos, considerados como essenciais para a execução dos ensaios de distinguibilidade, homogeneidade e estabilidade dos acessos de Manihot ssp. O estudo demonstrou que com a exclusão do grupo dos descritores Mínimos obteve resultados de aproximadamente 92% de similaridade se comparados com o uso de todos os Descritores. Os resultados obtidos nos 38 acessos de mandioca do banco de germoplasma da UNEMAT campus Cáceres evidenciam existência de variabilidade genética.

Palavras-chave


Diversidade Genética; Manihot esculenta; Genética Vegetal

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.