Fungos micorrízicos arbusculares no crescimento e nutrição de mudas de jenipapeiro

Ana Cristina Fermino Soares, Carla Silva Sousa, Marlon da Silva Garrido, Francisco de Sousa Lima

Resumo


Alguns trabalhos têm demonstrado que a inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) na produção de mudas apresenta grande potencial para o desenvolvimento de um cultivo racional e eficiente de mudas de fruteiras. O objetivo neste trabalho foi avaliar a inoculação de fungos micorrízicos arbusculares no crescimento e nutrição de mudas de jenipapeiro (Genipa americana L.). O experimento foi conduzido em blocos casualizados, avaliando-se seis espécies fúngicas: Glomus clarum, Glomus etunicatum, Glomus manihots, Gigaspora albida, Acaulospora scrobiculata e Scutellospora heterogama, com dez repetições. As espécies A. scrobiculata, G. clarum e G. etunicatum colonizaram mais intensamente o sistema radicular e promoveram melhor desenvolvimento das mudas de jenipapeiro quando comparados a G. manihots e G. albida. O fungo G. etunicatum destacou-se, promovendo incrementos na altura (44,4%); no diâmetro do caule (63,6%); na produção de biomassa seca na parte aérea (288,8%), nas raízes (248,7%) e na área foliar (315,7%) em comparação às mudas controle. Com exceção de Mn e Fe, mudas inoculadas apresentaram teores de nutrientes superior às mudas controle. As mudas que receberam inóculo de S. heterogama apresentaram crescimento e teor de nutrientes similares aos das mudas controle. A colonização micorrízica correlacionou-se positivamente com os teores de N, P, K, Mg e Cu e negativamente com os teores de Fe e Mn nas folhas das mudas de jenipapeiro. O jenipapeiro é uma planta responsiva aos FMA e a inoculação beneficiou o crescimento e a nutrição das mudas.


Palavras-chave


Jenipapo; Planta-nutrição; Fungos micorrízicos

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.