Resposta do feijão-caupi as lâminas de irrigação e as doses de fósforo no cerrado de Roraima

Gabriela Almeida Oliveira, Wellington Farias Araújo, Pablo Lima Souza Cruz, Washington Luis Manduca da Lima, Gilvan Barbosa Ferreira

Resumo


O objetivo do trabalho foi estudar o comportamento do feijão-caupi (Vigna ungüiculata (L.) Walp.) cv. BRS Novaera sob quatro lâminas de água (273; 257; 241 e 187 mm) e doses de fósforo (0; 70; 140; 210 kg ha-1 de P2O5, aplicados na forma de superfosfato triplo), em Boa Vista, Roraima. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, no esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. As parcelas foram constituídas pelas lâminas de água e as sub parcelas pelas doses de fósforo, resultando em 16 tratamentos. A irrigação foi realizada por um sistema convencional de aspersão, montado no campo segundo o sistema de “aspersão em linha”. As massas seca da parte aérea e de 100 grãos foram influenciadas significativamente pela interação entre lâminas de água e doses de fósforo, enquanto o número de grãos por vagem e o comprimento da vagem foram influenciados somente pelas doses de fósforo. A dose de máxima eficiência econômica foi de 89,45 kg de P2O5, com produtividade de 1.306 kg ha-1.

Palavras-chave


Vigna ungüiculata; Manejo da irrigação; Amazônia

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.