Eficiência no uso de nitrogênio e correlação fenotípica em populações tropicais de milho no Tocantins

Leandro Lopes Cancellier, Flávio Sérgio Afférri, Edmar Vinicius de Carvalho, Michel Antonio Dotto, Fernando Ferreira Leão

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência no uso do nitrogênio e a correlação fenotípica de 24 populações de milho no Sul do Tocantins. Foram realizados dois experimentos, cada um correspondendo a um nível de adubação nitrogenada (alta e baixa) plantados no dia 21/11/2009. Os tratamentos foram constituídos de 24 populações obtidas do Programa de Melhoramento de Milho da Universidade Federal do Tocantins e uma variedade comercial, BR 106, usada como testemunha. O delineamento experimental utilizado, nos dois experimentos, foi blocos casualisados com duas repetições, sendo avaliado o peso de 100 sementes, peso hectolítrico, produtividade, e os índices de eficiência de uso do nitrogênio segundo metodologia proposta por Fischer et al. (1983) e Moll et al. (1982). Os genótipos 12-6; 25-5; 35-5; 12-2; 12-3 e 1-5 formaram o grupo das populações de maiores produtividades independente da condição de N no solo, com médias variando de 6.348 a 5.774 kg ha-1. Pela metodologia de Moll foi possível diferenciar populações quanto à eficiência no uso de nitrogênio, no ambiente de baixa disponibilidade de N no solo. As características estudadas foram influenciadas pelos diferentes níveis de nitrogênio aplicados, exceto para a característica de peso de 100 sementes. As populações avaliadas apresentaram diferenças entre si, em todas as características estudadas, indicando variabilidade. O índice de Moll apresentou associação significativa com todas as características, exceto para o índice de Fischer, indicando ser possível a obtenção de genótipos eficientes no uso de nitrogênio por meio de seleção destas características.


Palavras-chave


Milho; Melhoramento genético; Plantas-efeito do nitrogênio

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.