Análise de trilha do rendimento de grãos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) e seus componentes

Pablo Diego Silva Cabral, Taís Cristina Bastos Soares, Andreia Barcelos Passos Lima, Yaska Janaína Bastos Soares, Josimar Aleixo de Silva

Resumo


Cinqüenta e oito genótipos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), sendo 32 genótipos locais, 20 genótipos provenientes da EMBRAPA e seis cultivares comerciais, foram avaliados em Alegre/ES, através da influência de oito caracteres de importância agronômica sobre a produção de grãos por unidade de área. O experimento, em blocos casualizados com três repetições, foi conduzido no período das "águas" no ano agrícola de 2008/09. O objetivo deste trabalho foi estimar os coeficientes de trilha entre os caracteres primários e secundários sobre a produtividade de grãos. Os caracteres primários foram constituídos pelo número de sementes por vagem (NSV), peso de cem grãos (P100), número de vagem por planta (NVP) e número de sementes por planta (NSP), os caracteres secundários foram: número de dias da germinação até à floração (FL), número de dias entre a emergência e a maturação de colheita (MC), estatura da planta (EP) e altura da inserção da primeira vagem (PIV). A análise do coeficiente de trilha demonstrou que o caráter primário com maior efeito direto sobre produtividade (PROD) foi NVP (1,0011), associado à alta correlação (0,754). As variáveis P100 e NSV apresentaram altos efeitos indiretos sobre NVP de 0,8848 e 0,6369, respectivamente. Observou-se um incremento em P100 e NVP em plantas de ciclo e período vegetativo curtos e uma maior altura de inserção da primeira vagem, sendo que o ponto de inserção da primeira vagem não influenciou significativamente a produtividade.


Palavras-chave


Feijão; Plantas-melhoramento genético; Culturas agrícolas-rendimento

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.