Componentes estruturais do resíduo pós-corte em capim-massai adubado com cinco doses de nitrogênio

Marcos Neves Lopes, Magno José Duarte Cândido, Roberto Cláudio Fernandes Franco Pompeu, Rodrigo Gregório da Silva, Francisco Marcus Lima Bezerra

Resumo


Objetivou-se avaliar os componentes da biomassa do resíduo pós-corte em capim-massai submetido a cinco doses de nitrogênio (0; 150; 300; 450 e 600 mg N dm-3 de solo) num delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições (vasos) em casa de vegetação. Avaliaram-se a altura residual, a densidade populacional de perfilhos (DPP), a massa seca de forragem total residual (MSFTr), de forragem verde residual (MSFVr), de forragem morta residual (MSFMr), de lâmina foliar verde residual (MSLVr), de colmo verde residual (MSCVr), relação lâmina foliar/haste (LF/C), a massa seca radicular (MS radicular) e a relação parte aérea/raiz. Observou-se efeito quadrático dos níveis de adubação nitrogenada sobre a altura residual. As variáveis MSFTr, MSFVr e MSCVr responderam positivamente, enquanto a MSLVr revelou comportamento quadrático com os níveis de N. Constatou-se valores estimados de 13,35 e 39,73 g MS/vaso para MSFTr, de 9,71 e 24,69 g MS/vaso para MSFVr e de 3,65 e 15,07 g MS/vaso para MSFMr nas doses de 0 a 600 mg N dm-3 de solo, respectivamente. A MS radicular respondeu positivamente às doses de N. A adubação nitrogenada proporciona resultados positivos sobre as características estruturais do resíduo pós-corte do capim-massai.


Palavras-chave


Adubação nitrogenada; Massa seca de lâmina foliar residual; Panicum maximum x Panicum infestum

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.