Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Missão

A Revista Ciência Agronômica (ISSN 0045-6888 impresso e 1806-6690 online) de periodicidade trimestral tem por missão publicar artigos científicos e técnicos de qualidade originais não submetidos a outro periódico, envolvendo pesquisas inéditas e novas tecnologias de interesse nas áreas relacionadas às Ciências Agrárias e Recursos Naturais.

Trabalhos pertinentes a análises de rotina, estudos preliminares, notas técnicas e àqueles que meramente relatam análises laboratoriais empregando metodologias tradicionais não serão aceitos para publicação.

 

Público

Aberta aos profissionais de nível superior, professores, pesquisadores e estudantes ligados às áreas de Ciências Agrárias, Engenharia de Alimento, Recursos Pesqueiros e Zootecnia e Recursos Naturais.

 

 

 

Políticas de Seção

Ciência do Solo

As ciências do solo estudam o solo como recurso natural da superfície terrestre, incluindo a formação do solo (pedogénese), sua classificação e cartografia e ainda as suas propriedades físicas, químicas, biológicas e fertilidade, bem como a relação destas propriedades com o uso e gestão dos solos.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Economia Agrícola

Economia agrícola ou economia agrária é o ramo da ciência econômica que estuda a especificidade do setor agropecuário e suas múltiplas interrelações com o conjunto da economia.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Engenharia Agrícola

A Engenharia Agrícola é voltada para a parte mecânica da agricultura, como planejamento, construção e manutenção de máquinas. O engenheiro agrícola projeta, implanta e administra técnicas e equipamentos necessários à produção agrícola. Planeja métodos de armazenagem e constrói silos, armazéns e estufas. Leva ao campo soluções inovadoras e eficazes para melhorar a produção, sem se descuidar do desenvolvimento sustentado da agricultura.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Engenharia de Alimentos

Ramo da engenharia quel cuida de todas as etapas de preparo e conservação de alimentos de origem animal e vegetal. Seleciona a matéria-prima, como leite, carnes, peixes, legumes e frutas, e define a melhor forma de armazenagem, acondicionamento e preservação dos produtos, projetando embalagens. Cria e testa formulações, a fim de determinar o valor nutricional de alimentos industrializados, seu sabor, sua cor e consistência. A indústria alimentícia é seu principal campo de atuação.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Engenharia de Pesca

A Engenharia de Pesca é uma habilitação que integra a
área de conhecimento de Ciências Agrárias, numa subárea classificada como Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca e qualifica, em nível superior, profissional para a intervenção técnico-científica em aqüicultura, pesca e tecnologia do pescado.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Fitotecnia

Fitotecnia é a tecnica de estudo das plantas, ministrada principalmente na grade de agronomia.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Zootecnia

A Zootecnia é o conjunto de técnicas para o mehor aproveitamento dos animais domésticos e silvestres que são úteis ao homem e cuja finalidade é a obtenção máxima do seu rendimento, administrando os recursos adequadamente nos critérios de sustenibilidade.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo Técnico

Um artigo técnico apresenta-se como um instrumento de transmissão de conhecimentos do âmbito da técnica. Um relatório pode assumir, frequentemente, um valor de um artigo técnico.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Nota Científica

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ciência do Solo e Engenharia Agrícola

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Comunicado

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Caso

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Nota Técnica

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Tecnologia de Alimentos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Edafologia e Engenharia Agrícola

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Trabalhos Técnicos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

ERRATA

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos submetidos a RCA serão avaliados preliminarmente pelo Comitê Editorial e só então serão enviados para, pelo menos, dois (02) revisores da área e publicados, somente, se aprovados pelos revisores e pelo corpo editorial. A publicação dos artigos será baseada na originalidade, qualidade e mérito científico, cabendo ao comitê editorial a decisão final do aceite. O sigilo de identidade dos autores e revisores será mantido durante todo o processo.

A administração da revista tomará o cuidado para que os revisores de cada artigo sejam, obrigatoriamente, de instituições distintas daquela de origem dos autores. Artigo que apresentar mais de cinco autores não terá a sua submissão aceita pela Revista Ciência Agronômica, salvo algumas condições especiais. Não serão permitidas mudanças nos nomes de autores a posteriori.

 

Custo de publicação

O custo é de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) por página editorada no formato final. No ato da submissão é requerido um depósito de R$ 100,00 (cem reais) não reembolsáveis. Se o trabalho for rejeitado na avaliação prévia do Comitê Editorial, a taxa paga não poderá ser reutilizada para outras submissões dos autores. O comprovante de depósito ou transferência deve ser enviado ao e-mail da RCA (ccarev@ufc.br). Os depósitos ou transferências deverão ser efetuados em nome de:

CETREDE REVISTA AGRONOMIC

Banco do Brasil: Agência bancária: 1702-7 - Conta Corrente: 46.375-2

 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Revista Ciência Agronômica

 

A Revista Ciência Agronômica (ISSN 0045-6888-impresso e 1806-6690-online) apresenta uma periodicidade trimestral e vem sendo publicada pelo Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará desde o ano de 1971. A concepção da revista foi o resultado natural da necessidade de difundir os conhecimentos científicos na área de ciências agrárias desenvolvidos pelos pesquisadores da então Escola de Agronomia. Atualmente, a Revista Ciência Agronômica tem como público os professores, pesquisadores, estudantes de pós-graduação e graduação da agronomia, recursos naturais e áreas afins, das universidades públicas e privadas brasileiras e estrangeiras. Os artigos publicados na Revista Ciência Agronômica se encontram disponível na integra desde o primeiro número editado em 1971.

 

 

Artigos publicados na Revista Ciência Agronômica estão indexados nas bases: AGRIS (International Information System for the Agricultural Sciences and Technology), AGRICOLA (Agricultural Online Access), AGROBASE (Base de Dados da Agricultura Brasileira), CAB INTERNATIONAL (International Centre for Agriculture and Biosciences), CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), EBSCO Publishing, ISI (Institute for Scientific Information),  LATINDEX (Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas da América Latina),  REDALYC, SciELO (Scientific Electronic Library Online) e SCOPUS.

 

A Revista Ciência Agronômica é classificada no Qualis como:

"B1" nas áreas de Ciências Agrárias I, Ciências Ambientais, Ciências de Alimentos, Zootecnia/Recursos Pesqueiros e Planejamento Urbano e Regional/Demografia;

"B2" na área de Medicina Veterinária e Geociências;

"B3" nas áreas de Biodiversidade, Biotecnologia, Economia e Nutrição;

"B4" na área de Química;

"B5" na área Ciências Biológicas I, II, III e Ensino.